Mais
×

Dicas e técnicas para pintura a óleo de terrenos pedregosos

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

Ao fazer uma pintura a óleo em um terreno pedregoso, você precisa dar um passo atrás e olhar para as cores da paisagem. Rochas, penhascos e pedras podem ser difíceis de serem descritos exatamente como são em uma pintura a óleo. Aplicar a tinta em pinceladas que mimetizem o contorno das pedras que está pintando o ajudará a captar a natureza com o pincel na tela. Para criar um quadro com um visual natural, estude as formas das sombras das pedras antes de pintá-las. Depois, tenha essa sombra em mente enquanto trabalha.

Paisagem pedregosa e montanhosa (Jupiterimages/Goodshoot/Getty Images)

Cores realistas

A primeira dica para que você faça uma pintura a óleo de algo que vê na natureza é dar um passo atrás e olhar para as cores. Um terreno rochoso terá uma grande variedade de cores, com seus múltiplos tons. Segure uma pedra nas mãos e observe a sua cor, que não é apenas marrom ou cinza, possuindo várias outras, além de sombras. Agora, imagine as cores que a luz do sol e a sua sombra fornecem a essa pedra como parte de um terreno pedregoso, e haverá pelo menos dez diferentes sombras e tons.

Quanto mais perto chegar dos matizes reais da natureza, mais realista ficará a sua pintura. Os matizes se transformam em outros em um terreno pedregoso; não há muitas linhas de cores distintas nas rochas. Elas estão todas misturadas, que é o que você deve fazer com elas na tela ao pintar esse terreno.

Proporção verdadeira

O tamanho e a proporção da paisagem rochosa também são importantes ao pintar. Se deseja que a pintura a óleo descreva a cena como ela é na natureza, mantenha tudo da maneira que a natureza quis que ficasse. Uma dica para manter os itens na proporção correta é carregar uma simples régua com você e segurá-la na sua frente à medida que olha para os itens ao longe da cena que está pintando. Uma pedra pode medir 1 cm na régua enquanto você a olha a grande distância. A montanha pode ter 25 cm, com o uso dessa técnica de medir. Aplique essas medidas à paisagem na tela.

Outra dica para pintar algo realisticamente é juntar a forma do objeto por partes. Em um terreno rochoso você pode precisar pintar um penhasco denteado. Ao olhar para o penhasco, faça o contorno por partes. Comece com o topo e trabalhe de cima para baixo. Primeiro pinte a linha do cume do penhasco, depois trabalhe os lados. Ao juntar as peças do terreno, você conseguirá uma descrição mais realista.

Tinta como textura

Aplique camadas de tinta na tela para mimetizar a textura das pedras. Em vez de dar pinceladas circulares ou retas, como na maioria das paisagens, siga o contorno da rocha que está pintando o tempo todo através da imagem dela.

Um terreno rochoso terá muitas sombras por entre as rochas e as pedras. Olhe para a forma dessas sombras primeiro e tenha em mente essa forma enquanto faz a sombra. A sombra das rochas deve ser mais escura e não apenas preta. Sombras sutis ficarão melhor quando você se afastar da tela. Ajuda muito afastar-se da tela de vez em quando e olhar para as rochas que está pintando. Isso dará uma ideia de como elas ficarão à distância com que uma pintura é normalmente vista.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article