on-load-remove-class="default-font">
×
Loading ...

Dicas para quem vai fazer uma viagem longa de avião

Algumas dicas ajudam a reduzir o desconforto das longas viagens de avião
Getty Images

Introdução

Viajar de avião às vezes pode ser o jeito mais rápido de se locomover, ou até mesmo ser a única opção para percorrer longas distâncias. Porém, tal meio nem sempre combina com conforto. Inchaço, pressão no ouvido, ressecamento da pele, enjoos e dores no pescoço são incômodos comuns durante as viagens aéreas, especialmente as mais longas. Confira algumas dicas que podem reduzir os possíveis desconfortos e proporcionar uma viagem mais tranquila.

Faça refeições leves no dia anterior à viagem
Peshkova/iStock/Getty Images

Alimentação

A preparação começa ainda em casa. No dia anterior ao embarque, evite comer alimentos gordurosos, com muitas fibras, que fermentem (feijão, repolho, pepino) e ingerir bebidas gasosas. Todas essas opções podem piorar a sensação de inchaço na barriga, comum nas viagens. As dicas valem também para a refeição escolhida durante o voo. Evite o consumo de bebidas alcoólicas, que diminuem o aproveitamento de oxigênio pelas células. Não se esqueça também de beber muita água e manter-se hidratado.

Costuma enjoar? Evite comidas gordurosas e refrigerantes
BananaStock/BananaStock/Getty Images

Enjoos

Se você costuma ter enjoos durante as viagens, tente sentar em uma poltrona na área central do avião, próxima à asa. Além disso, evite comidas condimentadas, gordurosas e refrigerantes, mas também não viaje de estômago vazio. Caso possua orientação médica, tome algum medicamento que iniba a sensação de enjoo por volta de 30 minutos antes de embarcar.

Movimente e alongue seus pés durante o percurso no avião
Michael Blann/Photodisc/Getty Images

Inchaço nos pés

O inchaço nos pés e pernas costuma ser um desconforto comum durante os voos, especialmente para os mais idosos, ocasionado pela baixa pressão na aeronave. Procure fazer movimentos com os pés, tornozelos e pernas regularmente, ainda que sentado, e levante-se a cada duas horas para caminhar um pouco pelo corredor da aeronave. Usar uma meia elástica pode ajudar a reduzir o incômodo. Invista também num sapato confortável com o qual você já esteja acostumado.

Vista-se com roupas confortáveis
Digital Vision./Digital Vision/Getty Images

Roupas confortáveis

Vista-se de maneira confortável para viajar. Evite roupas muito apertadas (não só os pés podem inchar) ou que amassem demais, salto alto e sapatos desconfortáveis. Não se esqueça também de levar um casaco e meias, pois a temperatura dentro do avião costuma ser mais baixa, em torno dos 22°C. Caso precise estar mais elegante ao chegar no seu destino, leve uma muda de roupa na bagagem de mão.

Se você usa lentes de contato, tenha ainda mais cuidado com o ressecamento dos olhos
Comstock Images/Stockbyte/Getty Images

Ressecamento

O ar condicionado do avião costuma ressecar a pele e os olhos mais do que o comum. Leve um creme hidratante e também um colírio lubrificante, que pode ser usado a cada duas horas. Se você utiliza lentes de contato, procure trocá-las pelos óculos antes do embarque.

Mastigar chiclete pode auxiliar na redução do incômodo nos ouvidos
Medioimages/Photodisc/Photodisc/Getty Images

Pressão nos ouvidos

Principalmente na hora do pouso é comum o aumento da pressão nos ouvidos, causando uma leve sensação de surdez. A impressão pode ser agravada se o passageiro possui no momento outro tipo de constipação, como o nariz entupido, por exemplo, o que obstrui o canal entre a garganta e os ouvidos. Se for o caso, procure utilizar um spray nasal meia hora antes do avião começar a aterrissar. O truque de mascar chicletes pode reduzir o incômodo, pois a mastigação auxilia no reequilíbrio da pressão. Para bebês e crianças pequenas, ofereça mamadeira ou chupeta alguns minutos antes do pouso.

Alongue-se durante o voo
David De Lossy/Photodisc/Getty Images

Dores e cãimbras

Ficar muito tempo com as pernas para baixo e sem movimento reduz o fluxo sanguíneo, o que pode trazer alguns problemas como, por exemplo, trombose. Por isso, movimente-se ao longo do trajeto, tentando levantar a cada duas horas, pelo menos. Aproveite para se espreguiçar e mexer os braços, pescoço e ombros, o que ajuda a estimular a circulação do sangue.

Alguns acessórios, como venda de olhos e travesseiros, ajudam a dormir de forma mais confortável
Digital Vision./Photodisc/Getty Images

Soneca

Dormir um pouco ajuda a passar o tempo e descansar para chegar melhor ao seu destino. Invista em protetores de ouvido, vendas de olhos e travesseiros para o pescoço, que ajudam a manter a postura reta por mais tempo, evitando dores nas costas. Existem modelos infláveis fáceis de transportar e carregar. Mas atenção: remédios para dormir não são indicados, pois nem sempre é possível realizar um desembarque de emergência no caso de qualquer reação adversa ao medicamento.

Quem sofre de alergias deve ficar atento aos remédios
Comstock Images/Stockbyte/Getty Images

Doenças preexistentes, alergias e remédios

Caso você tome algum medicamento regularmente, não se esqueça de levá-lo na bagagem de mão. Além disso, pacientes cardíacos devem consultar seu médico antes de viajar para verificar se é necessário realizar ajustes no tratamento. Já aquelas pessoas que sofrem com alergias não podem esquecer de levar os medicamentos pessoais utilizados quando as crises começam.

Prepare-se para a mudança de fuso
Jupiterimages/Pixland/Getty Images

Jet lag

"Jet lag" é aquela sensação de cansaço, insônia e irritabilidade que pode ocorrer pela diferença de fuso horário entre um lugar e outro. Quanto maior a diferença de fuso, mais difícil a adaptação: calcula-se que para cada hora de diferença é necessário um dia para se adaptar. Se for possível, tente se aproximar do fuso horário de seu destino mudando seus horários de refeição e sono cerca de cinco dias antes da viagem. Tente também optar por um voo em que você passe a noite a bordo e durma o quanto puder no avião.

Escolha seu lugar com antecedência
Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

Escolha seu lugar

Procure escolher seu lugar no avião com antecedência. O corredor é melhor para aqueles que costumam levantar com frequência e normalmente há mais espaço para esticar as pernas. Por outro lado, será sempre preciso dar passagem para seu vizinho de assento. Veja o que funciona melhor para você e suas necessidades.

Veja filmes e ouça músicas para passar o tempo
Digital Vision./Photodisc/Getty Images

Distraia-se

A maioria das companhias aéreas costuma oferecer canais de rádio e filmes para os passageiros. Por via das dúvidas, leve seu próprio MP3 player, jogos portáteis, livros, revistas, tablet ou smartphone para ajudar a passar o tempo, caso esses serviços não estejam disponíveis a bordo.