Dicas de violão e guitarra para mãos pequenas

Escrito por todd whitesel | Traduzido por elton alves ribeiro
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Dicas de violão e guitarra para mãos pequenas
Para aprender a tocar violão, não há substituto para a prática (guitar image by April K from Fotolia.com)

Pode parecer que ter mãos grandes seria uma enorme vantagem para tocar guitarra ou violão, afinal, os dedos longos devem tornar mais fácil deslizar pelas cordas e formar os acordes esquisitos que os profissionais tocam com facilidade. Mas aqueles com mãos pequenas ainda podem fazer o violão cantar. Lembre-se, não há substituto para a prática, independentemente de quão grandes ou pequenas suas mãos sejam.

Outras pessoas estão lendo

Escolha um instrumento com um braço confortável

Cada violão ou guitarra é diferente. Alguns têm braços largos, outros têm braços estreitos. Se você tem mãos pequenas, um instrumento com um braço estreito tornará a performance mais natural e agradável. Existem ainda violões e guitarras em modelos de 3/4 ou "short scale", tornando o instrumento mais compacto e acessível para aqueles com mãos menores.

Dicas de violão e guitarra para mãos pequenas
Braço da guitarra (close up of guitar neck, very shallow DOF image by Alena Yakusheva from Fotolia.com)

Posicione seu polegar

Muitos instrumentistas deixam o polegar de sua mão esquerda relaxado ao tocar acordes ou linhas melódicas. Tente posicionar o polegar diretamente no centro, atrás da escala, e usá-lo como um guia enquanto você toca.

Dicas de violão e guitarra para mãos pequenas
Polegar no lugar (guitar image by cherie from Fotolia.com)

Estique esses dedos!

Mesmo instrumentistas com mãos grandes podem se beneficiar de "esticar" e trabalhar em exercícios para aumentar o seu alcance no braço da guitarra. O guitarrista Allan Holdsworth é conhecido por sua capacidade de navegar grandes distâncias entre casas. Não é incomum para Holdsworth fazer saltos de cinco ou mais casas entre dois dedos, sem mudar a posição da mão. Pratique esticar os dedos, incorporando em seus exercícios de rotina que exigem saltos longos. Inicie na corda mi grave e toque um fá (primeira casa) com o dedo indicador, e em seguida toque um sol# (quarta casa) com seu dedo anelar ou mínimo--o que funcionar melhor--e siga esse padrão da primeira à quarta casa em todas as seis cordas. Mude isso conforme você se move ao longo da escala--da primeira casa até a boca ou o captador--e as distâncias entre os trastes se tornam menores.

Não se preocupe com acordes com pestana

Sem dúvida, os acordes mais difíceis de tocar para pessoas com mãos pequenas são acordes com pestana, em que o dedo indicador deve pressionar, às vezes, todas as seis cordas da guitarra, agindo como uma âncora para a colocação de outros dedos para preencher o acorde. Se suas mãos são muito pequenas para ocupar o braço inteiro, tente usar o polegar para segurar a corda que faz o baixo. Para reproduzir um acorde fá maior desta forma, você vai trazer sua mão ao redor do braço, quase envolvendo-o. Em seguida, coloque os dedos na posição: pressione as cordas mi aguda e si na primeira casa com o dedo indicador; coloque o seu dedo médio sobre a segunda casa da corda sol; seu dedo mínimo na terceira casa da corda ré; seu dedo anelar na terceira casa da corda lá; por último, coloque o polegar sobre a primeira casa da corda mi grave e toque. Para que você não se sinta como se isso fosse trapaça: ninguém menos que o grande guitarrista Jimi Hendrix tocava acordes com pestana dessa forma.

Dicas de violão e guitarra para mãos pequenas
Pestana (guitar chord image by Alex Motrenko from Fotolia.com)

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível