Saúde

Dieta dos 300 de Esparta

Escrito por martin green | Traduzido por pedro santos
Dieta dos 300 de Esparta

A proteína, que é encontrada no peixe, deve ser comida a cada três horas nessa dieta

Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

Os espartanos foram uma antiga raça de guerreiros gregos e uma das forças militares mais terríveis da história. Sua lenda foi assegurada pela história dos 300 espartanos que lutaram contra o Império Persa, matando milhões e quase vencendo. Quando foi feito um filme para contar essas aventuras, os atores tinham de que parecer esguios e musculosos, como se fossem selvagens e vivessem dos frutos da terra, por isso mal receberam calorias suficientes para se recuperar de seus treinos excessivos.

A lenda

Na época em que a história aconteceu, cerca de 480 a.C., a Grécia Antiga estava dividida em estados e raças, como os Espartanos, os Atenienses e o Téspios. Os Espartanos eram reverenciados por suas habilidade como guerreiros. O Rei Persa Xerxes estava decidido a conquistar a Grécia e decidiu invadir Esparta. Devido ao fato de o rei espartano Leônidas não conseguir obter o apoio dos anciãos de seu povo para empreender uma guerra contra os persas, ele reuniu 300 de seus melhores guerreiros na passagem montanhosa das Termópilas. A estreita passagem funcionou como um funil, por isso, apesar de 3 milhões de persas terem vindo lutar, apenas algumas centenas conseguiam lutar de cada vez. Os 300 espartanos lutaram durante dias, matando milhões e só perderam quando um pastor local os traiu, mostrando um atalho aos persas.

Adaptação

A lenda foi transformada em uma graphic novel por Frank Miller, e essa foi adaptada pela Warner Brothers para um filme, dirigido por Zack Snyder. Os produtores enfrentaram a terrível tarefa de fazer com que seus atores ficassem em forma para o papel, por isso os enviaram ao Gym Jones, uma academia em Salt Lake City do alpinista Mark Twight. Ele os instruiu em treino de lutas coreografadas, sessões de treino extremo e uma dieta dura e escassa. De acordo com o MuscleFitnessBlog.com, Twight disse: “Nós fomos no caminho oposto das restrições de calorias para fazer com que parecesse que eles viviam dos frutos da terra, na natureza, sendo musculosos e definidos. A dieta quase não era suficiente para servir de combustível e para a recuperação.”

Alimentos

A dieta espartana foca em alimentos integrais e orgânicos. Ela inclui muitos alimentos gregos e mediterrâneos, como azeitonas, óleo de oliva, figos, uvas, maçãs, abacates, vegetais verdes, ovos, peru, frango, peixe, pão integral e arroz integral. Você não deve nunca comer até ficar de estômago cheio, e deve ficar com fome entre uma refeição e outra. Essa dieta deve, no entanto, ter alto teor de proteínas, por isso coma 1,2 g de proteínas para cada 450 g de seu peso corporal, e coma proteína a cada três horas. Coma carboidratos de manhã para ter energia para treinar pesado. Não existe uma recomendação específica de ingestão de calorias, você deve simplesmente ingerir o mínimo suficiente para dar ao seu corpo a energia para se exercitar, se certificando de que suas calorias venham de alimentos nutritivos.

Exercícios

A dieta não vai funcionar se você não combiná-la com um rígido programa de exercícios. De acordo com GymJones.com, seu treino diário deve envolver 25 barras, 50 flexões e 50 levantamentos terra com halteres de cerca de 60kg, 50 repetições de saltos numa caixa com cerca de 60 cm de altura, 50 levantamentos unilaterais simples com um Kettleball de aproximadamente 16 kg e 50 abdominais para oblíquos. Se não conseguir fazer isso, tente fazer menos repetições e ir aumentando gradativamente.

Benefícios e considerações

Se seguir uma dieta rígida, na qual nunca fica de estômago cheio e se exercita regulamente, você pode perder peso e ficar com músculos mais torneados. Essa dieta recomenda que você consuma alimentos com alto teor de proteínas e baixa gordura saturada, além de carboidratos complexos em vez dos refinados, e indica também alimentos com alto teor de gordura insaturada. Se você seguir essas orientações, poderá obter inúmeros benefícios à saúde. A carne vermelha e a processada com alto teor de gordura saturada podem causar câncer, e excesso de gordura saturada pode levar a doenças cardíacas. O Central Nacional de Informações sobre Diabetes também relaciona excesso de gordura saturada a diabetes, derrames e ataques cardíacos. Carboidratos refinados também pode ser relacionados a ataques cardíacos, e a Associação Americana do Coração explica que gordura insaturada pode diminuir o risco de doenças cardíacas e derrames. A dieta dos 300 de Esparta é saudável, nutritiva e equilibrada. No entanto, você pode sentir tontura, náusea e desmaios. Consulte um médico antes de começar qualquer dieta ou programa de exercícios.

Mais galerias de fotos

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media