Dieta chinesa para obesidade

Escrito por alyson paige | Traduzido por pamela miranda
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Dieta chinesa para obesidade
A MTC trata as causas que levaram a pessoa a ser obesa. (Fat Man image by Mat Hayward from Fotolia.com)

A medicina tradicional chinesa (MTC) vê a obesidade de maneira diferente do que a medicina ocidental. Até a ideia de dieta é diferente. Especificamente a dieta da MTC tem como propósito tratar as causas ocultas que levaram a pessoa a ser obesa.

Outras pessoas estão lendo

Definição/causa

Shen-Nong Ltd, empresa especializada em MTC, conta que os antigos praticantes desta medicina já tinham conhecimento do problema de obesidade e acreditavam que esta doença era causada por má alimentação, falta de atividade física e por fatores psicológicos. Naquela época, e ainda hoje, o tratamento centra-se em corrigir estes problemas. De acordo com a teoria de MTC, uma vez que o baço é danificado pela ingestão de alimentos doces, os excedentes são acumulados e solidificam em forma de mucosidade e tecido gorduroso. A dieta da MTC restaura a harmonia do baço e de outras funções corporais.

Dieta chinesa para obesidade
A dieta da MTC restaura a harmonia do baço e de outras funções corporais. (Fat Man image by Mat Hayward from Fotolia.com)

Princípios.

Shen-Nong recomenda restaurar o equilíbrio do estômago com ervas e comidas que fomentam a correta circulação sanguínea, eliminam mucosidades do peito e desintegram gorduras no fígado e na vesícula. Para eliminar líquidos, a MTC recomenda consumir alimentos diuréticos.

Dieta chinesa para obesidade
O segredo é equilibrar as funções corporais. (Fat Man image by Mat Hayward from Fotolia.com)

Dieta.

A dieta da MTC inclui plantas e comidas que devolvem o equilíbrio ao organismo das pessoas com obesidade. Algumas das plantas recomendadas são o estrepeiro e o rabanete, que estimulam a secreção de fluidos digestivos no estômago para digerir gorduras, e angélica, raiz de sálvia vermelha e notoginseng que ajudam nos problemas de circulação. Também plantas que melhoram a sensação de abafamento no peito, como bulbos de cebolinha e casca de tangerina. Para um fígado estagnado e inflamação de vesícula indica-se artemísia e cúrcuma. O pão indiano (diurético) e o ruibarbo ajudam a equilibrar o intestino grosso.

Dieta chinesa para obesidade
A dieta da MCT inclui ervas e comidas que devolvam o equilíbrio ao organismo (Fat Man image by Mat Hayward from Fotolia.com)

Considerações

Esta dieta não nega a necessidade de uma alimentação saudável e do exercício físico. Esta antiga ciência holística promove a perda de peso nas pessoas obesas melhorando o sistema sanguíneo, os órgãos e as funções corporais. Não é uma dieta rápida, já que requer tempo e paciência do paciente, o qual tem que participar na sua perda de peso e no seu bem estar.
Diferentemente de outras dietas para perder peso, a medicina chinesa foi testada em pacientes por milhares de anos, que aprovaram seu método.

Dieta chinesa para obesidade
Medicina tradicional chinesa. (Fat Man image by Mat Hayward from Fotolia.com)

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível