Dieta para dar à luz a um menino

Escrito por norah faith | Traduzido por r spol
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Dieta para dar à luz a um menino
A dieta pode ajudar a definir o sexo do bebê (baby boy image by Steve Lovegrove from Fotolia.com)

Você pode aumentar as chances de conceber um menino fazendo algumas mudanças na dieta. Quanto mais alcalino for o fluido cervical, melhor será o deslocamento dos espermatozoides que carregam o cromossomo Y, necessários para a fecundação do óvulo e posterior nascimento de um menino. As parteiras de antigamente alertavam para a importância da dieta na determinação do sexo do bebê. Estas crenças têm recebido respaldo científico recentemente, após um estudo ter sido realizado em 2008 por uma equipe de pesquisadores liderada pelo Dra. Fiona Mathews, da Universidade de Exeter.

Outras pessoas estão lendo

O que você come define o sexo do bebê

Uma dieta de alto teor calórico proporciona maiores chances às mulheres de conceberem um menino. A pesquisa da Universidade de Exeter, feita com 740 mulheres britânicas que estavam grávidas pela primeira vez, revelou que 56 % das mulheres com uma dieta de alto teor calórico conceberam meninos, contra 45 % das mulheres com uma dieta de baixa caloria. As mulheres devem aumentar a ingestão calórica diária em ao menos 400 calorias para ficarem grávidas de um bebê do sexo masculino.

Você não deve parar de ingerir diariamente seu cereal matinal. Isso pode gerar um falso alerta de diminuição dos níveis de glicose no corpo, que é interpretado como falta de alimentação e diminuição da disponibilidade de calorias. O estado de inanição pode incentivar a formação de uma menina. O estudo da Dra. Mathews também mostrou que mulheres que tomam café da manhã regularmente têm 87 % de chances a mais de ter um menino.

Embora existam críticos na comunidade científica, essa descoberta é apoiada pela observação do aumento real de nascimentos de bebês do sexo feminino nos países desenvolvidos do mundo ocidental. As mulheres nesses países levam estilos de vida sedentários e, em vez de se exercitarem, tendem a pular refeições e comer alimentos pouco calóricos para prevenir a obesidade.

Alimentos que afetam o gênero

Alimentos alcalinos como melancias, abóboras, couve-flor, tomate, alface, brócolis e repolho são mais recomendados caso você queira conceber um menino. Eles podem mudar os níveis de pH do fluido cervical e torná-lo menos ácido, permitindo que os espermatozoides que contêm o cromossomo Y sobrevivam e fecundem os óvulos para produzir um feto masculino.

As frutas não devem ser consumidas geladas, mas sim à temperatura ambiente.

Os pais devem aumentar a ingestão de vegetais, pois eles são alcalinos e ricos em nutrientes.

Os alimentos ricos em nutrientes, como potássio e vitaminas do complexo B-12, C e D também são necessárias para ter meninos. Na realidade, a pesquisa descobriu que as mulheres que desenvolveram fetos do sexo masculino possuíam 300 mg de potássio extra via alimentação, em comparação às mulheres que tiveram meninas. Os alimentos ricos em potássio incluem as bananas, maçãs, abacate, morango, alcachofra, aspargos, amêndoas, batatas e carnes.

Os alimentos salgados também ajudam na concepção de meninos. Os alimentos ricos em potássio e sódio incluem as passas, nozes, figos e damascos.

Também é útil o consumo de alimentos ricos em glicose, pois o consumo elevado tem sido associado ao desenvolvimento do feto masculino nas pesquisas usando fertilização in vitro.

Queijos, legumes e iogurtes incentivam a formação de embriões do sexo feminino, pois aumentam a acidez do líquido cervical. Um aumento da ingestão de produtos lácteos, que são ácidos por natureza, não vai aumentar as chances de gerar embriões masculinos. As carnes são geralmente ácidas, mas caso você as coma, prefira as vermelhas, já que são ricas em potássio.

Evite comer guloseimas e alimentos processados, pois ​​eles são muito ácidos e não tem nutrientes relevantes.

Esse método de regulação natural da dieta pode ser utilizada em conjunto com outros métodos para aumentar a chance de ter um menino.

Embora a pesquisa pareça promissora, é importante que os pais percebam que essas descobertas não são uma receita garantida para conceber um menino.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível