Dieta para elevar os níveis de creatinina

Escrito por michele kadison | Traduzido por marcelo couto
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Dieta para elevar os níveis de creatinina
Peixes são uma boa fonte de creatina (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

A creatinina, também conhecida como creatina, tem recebido muita atenção nos últimos anos, pois atletas descobriram sua habilidade de liberar mais energia para o corpo durante a prática de atividades físicas extenuantes. A creatina é um elemento natural armazenado nas células musculares que fornece energia aos músculos. Em nível celular, o composto é produzido de aminoácidos que são criados quando os alimentos são digeridos.

Outras pessoas estão lendo

Creatina e você

A creatinina é produzida no fígado, rins e pâncreas. Ela é resultado de uma reação química entres os aminoácidos arginina, glicina e metionina. A quantidade de creatinina que possuímos no corpo geralmente está ligada à quantidade de tecido muscular, com os homens possuindo quantidades maiores do que as mulheres.

Aumentando os níveis de creatinina

A fonte mais natural para se obter creatinina é através da carne e peixes. Ingerir peixes, como atum, salmão e cavala, crus e na forma de sushi ou sashimi é uma ótima maneira de conseguir uma dose pura do composto. Além disso, o peixe cru contém ácido graxo ômega-3, que é um excelente reforço antioxidante para o corpo. Peixes também ajudam na síntese da creatinina, pois fornecem uma grande quantidade de um aminoácido necessário, a metionina.

Cerca de 1 kg de carne ou peixe cru corresponde a 5 g de creatina monoidratada em pó. Se esses alimentos forem cozidos, a creatinina se torna menos eficiente, pois perde sua essência. Vegetarianos que não comem peixe ou carne podem ingerir creatina através de suplementos.

Conteúdo da creatinina

Focar no tipo correto de nutrição para aumentar o nível de creatinina no corpo pode fornecer uma reserva extra de energia para as células dos músculos, o que melhora sua função. Caso esteja envolvido em algum tipo de treino de resistência ou em um esporte pesado, a creatina poderá melhorar seu desempenho, pois ela aumenta a massa muscular magra e auxilia na alavancagem muscular.

Sobredosagem de creatinina

A creatinina em excesso pode ser prejudicial para os rins. Quando eles ficam sobrecarregados, as toxinas se acumulam no corpo, dando origem também a outros problemas. Efeitos colaterais como desidratação, ganho de peso, cãibras, náusea e diarreia são outros sintomas de muita creatinina no organismo.

Para bom entendedor

Estudos mostram que ingerir 20 g de creatinina por dia, durante vários dias, ajuda a aumentar os músculos em 20%. Esse percentual pode ser mantido ao se tomar 3 g posteriormente. Suplementos podem ser encontrados em pó, líquido ou cápsulas. Com isso dito, é aconselhável que a dose desse composto seja discutida com um profissional médico, especialmente porque há chance de overdose ou interações com qualquer outro remédio que a pessoa possa estar tomando.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível