A diferença entre armário e guarda-roupa

Escrito por stephanie hartle | Traduzido por felipe f. custódio
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
A diferença entre armário e guarda-roupa
O armário é um móvel espaçoso que oferece espaço extra para a casa com limitado espaço para o closet (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Aqueles que vivem em apartamentos pequenos ou em casas antigas em uma cidade sabem que é difícil ter espaço para guardar coisas. Muitas casas têm pequenos ou closet de tamanho inadequado, e os proprietários dependem de outros métodos para guardar coisas que eles não querem mais ver. Isso não é um problema novo para a via urbana; há séculos pessoas inventaram armários para guardar suas armas e, depois, suas roupas. Armários, chamados de "chifferobes" - também escrito chifforobes - evoluiu mais tarde, no inicio do século 20.

Outras pessoas estão lendo

A Diferença

Ambos, armário e guarda-roupa são altos, de madeira, somente com prateleiras para o armazenamento de coisas. Eles podem ser movidos conforme necessário ao contrário de um closet tradicional. A maio diferença encontra-se nas suas configurações. Um armário - também conhecido como guarda-roupa - tipicamente tem duas portas que abrem para um espaço para armazenamento em cima, com várias prateleiras que ficam na parte de baixo do armário. Os armários, as vezes, também apresentam um par de gavetas grandes na parte de baixo do armário. Um guarda-roupa associa em uma unidade de altura e estreitamento lugares para pendurar roupas e gavetas. As vezes, no lugar de gavetas, um guarda-roupa apresenta prateleiras estreitas. O closet e as gavetas se posicionam lado a lado nesse modelo de armário.

A história do "armoire"

O armário originou-se antes do século 16 na Europa como um armário para guardar ferramentas e armas. Esta palavra francesa provavelmente veio do Latin "arma" que significa "ferramentas". André-Charles Boulle, o marceneiro do Rei Luis XIV no final do século 17, criou os projetos mais impressionantes até a data, com detalhes e enfeites que condiziam a um rei. O design, no século 17, envolvia ouro e formas geométricas. Hoje, você pode achar opções de armários e utilitários baratos, assim como mais caros, em versões esculpidas.

A história do "chifferobe"

O termo guarda-roupa foi cunhado nos Estados Unidos no inicio do século 20, quando Sears Roebuck estreou em seu catálogo o guarda-roupa combinado - um mobiliário francês composto por gavetas - e guarda-roupa, ou um móvel grande usado para guardar roupas penduradas. A Sears declarou com essa peça uma nova invenção; essa foi a primeira peça de mobiliário projetado para guardar roupas penduradas e dobradas. Os residentes do sul dos Estados Unidos parecem usar o termo mais comumente, ainda hoje. Várias pontas de estoque e lojas vendem guarda-roupas, tanto modelos personalizados quanto liso.

Os usos

Ambos, o armário e o guarda-roupa, podem ser usados para guardar roupas fora da estação ou aquelas que não se encaixam mais no seu estilo atual. Os armários são, particularmente, adequado para guardarem computadores ou estação de mídia, devido ao seu tamanho na parte do meio. Você pode usar as gavetas para guardar papeis ou organizar materiais de escritório, arquivos ou oficios. Coloque um guarda-roupa no quarto de visitas para server como um local para guardar roupas e produtos de higiene pessoal para estadias de longo prazo, ou use-o no quarto de brinquedos para pendurar fantasias e guardar brinquedos e jogos. Um armário ou guarda-roupa na garagem pode ser usado para guardar uma grande variedade de ferramentas, equipamento de jardinagem ou equipamento de esportes.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível