on-load-remove-class="default-font">
×
Loading ...

Diferença entre bioquímica e biologia química

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

Como campo disciplinar, a bioquímica já existe há muitas décadas; a biologia química, por outro lado, é mais recente. Uma vez que ambas as áreas lidam com a química e a biologia e se sobrepõe consideravelmente, pode ser difícil estabelecer limites claramente definidos entre as duas. Mesmo assim, existe uma diferença quanto aos objetivos e à ênfase.

Tanto os bioquímicos quanto os biólogos químicos estão interessados na química da vida, mas cada um com uma ênfase diferente (Creatas/Creatas/Getty Images)

Bioquímica

A bioquímica pode ser definida de modo geral como sendo a aplicação de ferramentas da química e da biologia molecular para compreender a vida no nível molecular. Os bioquímicos têm um interesse especial na estrutura e função de macromoléculas biológicas como proteínas, lipídeos, carboidratos e DNA, as rotas que as células percorrem para sintetizar moléculas importantes e os processos moleculares que permitem que as células desempenhem suas funções. Os bioquímicos devem ter um amplo conhecimento em química orgânica, embora sua base e perspectiva venha principalmente da biologia.

Loading...

Biologia química

Como os bioquímicos, os biólogos químicos estudam a química da vida, mas buscam formas de manipulá-la usando pequenas moléculas. Esses profissionais também devem ter um grande conhecimento em química e biologia, mas sua base e perspectiva vem principalmente da química. Os biólogos químicos concentram-se mais na síntese orgânica: como projetar moléculas pequenas e sintetizá-las a partir de blocos menores. Esses profissionais frequentemente trabalham no desenvolvimento de novos medicamentos, embora também possam atuar em experimentos que explorem a função das rotas biológicas usando ferramentas moleculares pequenas.

Foco

Embora essas duas disciplinas se sobreponham bastante, a ênfase de cada uma delas é diferente. O bioquímico quer entender a química da vida, enquanto que o biólogo químico quer desenvolver intervenções para tratar doenças ou garantir outros resultados desejáveis. Nas empresas farmacêuticas e de biotecnologia, os biólogos químicos desenvolvem novos candidatos a drogas enquanto que os bioquímicos elaboram ensaios, ou testes, para determinar quais candidatos fazem efeito. O bioquímico geralmente está menos familiarizado com as técnicas utilizadas para sintetizar novas moléculas, ao passo que o biólogo químico geralmente sabe menos a respeito das ferramentas de biologia molecular, como as técnicas de microarranjo e clonagem.

Formação acadêmica em nível de gradução

A formação nas áreas de bioquímica e biologia química inclui matemática, química geral, biologia celular, física, química orgânica e genética. Os biólogos químicos, entretanto, geralmente são direcionados para a farmacologia, química física, orgânica e inorgânica e dominam a síntese orgânica, enquanto que os bioquímicos geralmente seguem o caminho da bioquímica e da biologia molecular. Nas aulas em laboratório, um bioquímico provavelmente terá mais experiência com biologia molecular, enquanto que o biólogo químico terá mais experiência com a química orgânica.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...