Mais
×

Diferença entre uma caixa de eletricidade monofásica e uma trifásica

Atualizado em 17 abril, 2017

A energia elétrica trifásica é o método mais comum de distribuição de corrente elétrica alternada em uma rede. Ela é usada para alimentar motores de grande porte e outras máquinas pesadas. É mais econômica nessas situações, pois utiliza menos material condutor para transmitir energia do que os sistemas monofásicos ou bifásicos, que transmitem energia elétrica com a mesma voltagem. A monofásica é usada quando é preciso uma corrente de alta voltagem conectada a algo mais delicado, como um computador. Para que isso aconteça, a energia trifásica tem de ser convertida em tomadas monofásicas.

A corrente trifásica viaja sobre redes elétricas maciças (Paul Katz/Valueline/Getty Images)

Energia elétrica trifásica

A energia elétrica trifásica funciona porque os três condutores do circuito estão transportando correntes de mesma frequência, mas que atingem seus valores máximos em momentos diferentes. Por exemplo, quando o primeiro condutor está em sua potência máxima, o segundo condutor estará atrás em um terço de um ciclo, e o terceiro condutor estará atrás em dois terços de um ciclo. Isto significa que, em determinado momento, um dos três condutores estará no pico de saída e a corrente irá fluir de forma consistente. Este atraso entre as fases também cria um campo magnético rotativo em um motor elétrico.

Caixa de energia trifásica

A energia trifásica é encontrada em fios de alta tensão e caixas de energia de máquinas pesadas. No entanto, em uso residencial, caixas de energia trifásicas são encontradas em dois lugares. Um dos deles são em postes de utilidade ao em uma rua de um bairro residencial. O outro está na caixa de disjuntor em uma casa. Casas antigas que não requerem tomadas de 240 volts, muitas vezes usadas para fogões e outros aparelhos grandes, às vezes, não possuem energia trifásica.

Residências com unidades únicas

A caixa do disjuntor está geralmente localizada no piso inferior, geralmente próxima à fornalha. Se você abrir o painel frontal da caixa, irá notar que alguns dos disjuntores estão ligados entre si e não podem ser desligados ou ligados de forma independente. Esses disjuntores são bifásicos ou aqueles disjuntores que controlam as tomadas de 240 volts da casa. Os outros disjuntores, que podem ser ligados e desligados um de cada vez, controlam as tomadas de 120 volts. Quando um eletricista licenciado faz as ligações de corrente trifásica da rua para dentro de sua casa, ele terá fios trifásicos divididos em tomadas monofásicas (120 volts) e de bifásicas (240 volts). A caixa de disjuntor é o principal dispositivo de segurança que impede que as tomadas fiquem sobrecarregadas. Se você tentar utilizar um nível alto de corrente elétrica a partir de uma única tomada de 120 volts, por exemplo, o disjuntor irá se desligar. O problema de sobrecarga tem de ser resolvido antes de ligar o disjuntor novamente.

Residências com unidades multiplas

Em alguns edifícios residenciais com unidades múltiplas, a energia trifásica é fornecida ao painel do disjuntor principal do edifício, mas as unidades individuais usam apenas energia monofásica. As correntes que retornam de cada apartamento para o painel principal compartilham um fio neutro, que tem uma tensão igual a zero. Correntes de retorno em uma única unidade de cada residência funcionam da mesma maneira. O sistema funcionará de forma eficiente, a menos que uma das fases esteja fora de equilíbrio. Se o sistema ficar fora de equilíbrio, você irá notar uma queda na eficiência das tomadas de 120 volts.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article