Mais
×

Diferença entre extintores de incêndio de dióxido de carbono e de pó químico

Atualizado em 17 abril, 2017

Extintores de incêndio são feitos usando vários tipos de substâncias dependendo do tipo de fogo que eles devem apagar. Eles são rotulados de acordo para facilitar a identificação em caso de emergência.

Existem vários tipos de extintores de incêndio (Jupiterimages/liquidlibrary/Getty Images)

Conteúdo

Extintores de dióxido de carbono usam uma forma comprimida do gás para abafar as chamas. Extintores de pó químico contêm uma solução de bicarbonato de sódio (fermento químico) ou bicarbonato de potássio em nitrogênio pressurizado.

Pó químico

Extintores de pó químico devem ser usados em fogo classes A, B e E e são chamados algumas vezes de "extintores universais". Eles incluem incêndios em papel/madeira, causado por problemas elétricos e em combustíveis a base de petróleo.

Dióxido de carbono

Extintores de dióxido de carbono são eficientes para incêndios tipos A, B e E, mas não devem ser usados em incêndios classe A, papel/madeira, a menos que seja a única opção. Extintores de dióxido de carbono foram feitos principalmente para incêndios em combustíveis e por problemas elétricos.

Pressão

Extintores de dióxido de carbono liberam todo seu conteúdo em mais ou menos 20 segundos de uso, em oposição ao um minuto gasto pelos extintores de pó químico, mais lentos. A alta pressão de dióxido de carbono no extintor pode espalhar os materiais em chamas.

Avisos

Extintores de pó químico são atóxicos e efetivos contra incêndios de causa elétrica, mas podem danificar eletrônicos e componentes eletrônicos expostos a ele. A alça do extintor de dióxido de carbono pode ficar gelada muito rapidamente quando todo o gás sai dele, causando queimaduras.

bibliography-icon icon for annotation tool Cite this Article