Conhecimento

Diferenças entre as fotossínteses C3, C4 e CAM

Escrito por contributing writer | Traduzido por mailson belarmino de souza
Diferenças entre as fotossínteses C3, C4 e CAM

O Sol é a fonte que permite às plantas converterem luz em energia através do processo de fotossíntese

sun image by alma_sacra from Fotolia.com

A fotossíntese, o processo pelo qual as plantas usam clorofila para transformar a energia solar em unidades de armazenamento facilmente recuperáveis​​, pode ser dividida em três tipos diferentes: C3, C4 e fotossíntese CAM. A diferença entre os três tipos é a forma e a localização onde ela ocorre, e cada um tem as suas vantagens e desvantagens.

Processo da fotossíntese

sun image by alma_sacra from Fotolia.com

Um dos processos mais importantes para a continuidade de todas as formas de vida em nosso planeta é a fotossíntese, a maneira pela qual as plantas e algumas algas tiram a energia do Sol e a armazenam dentro das ligações de açúcares. A fotossíntese é um processo simples, que necessita apenas de água, dióxido de carbono e de luz solar. A fórmula química que descreve o percurso da fotossíntese é 6CO2 + 6H2O (+ energia solar) C6H12O6 + 6O2. O processo produz o oxigênio, que é necessário para todos os animais respirarem.

Fotossíntese C3

Plantas C3 são as mais numerosas do planeta e apresentam as melhores condições de frescor e umidade com luz normal. A fotossíntese C3 tem esse nome porque o dióxido de carbono, que é respirado pela planta a fim de converter a luz em alta energia e açúcares, é incorporado a um composto de três carbonos. A fotossíntese ocorre quando o dióxido de carbono é aglomerado com água para produzir o açúcar e oxigênio como subproduto. O açúcar é armazenado e utilizado como uma fonte de energia e de matéria-prima para realizar funções tais como o crescimento e produção. A fotossíntese ocorre em todas as partes da folha em plantas C3.

Fotossíntese C4

Plantas do tipo C4 incluem milho, cana de açúcar e vários tipos de grama. Estas plantas absorvem o dióxido de carbono através de seus estômatos (poros na superfície da folha por meio dos quais o dióxido de carbono entra e água e oxigênio saem) a uma taxa mais rápida do que as plantas C3, permitindo que o dióxido de carbono seja entregue mais imediatamente para a fotossíntese nas células internas. A C4 indica que o dióxido de carbono é incorporado em um composto de quatro carbonos. Estes tipos de plantas adaptaram-se a condições de altas temperaturas e luz forte, a fim de reduzir os danos causados ​​por fotorrespiração (um processo que ocorre quando os níveis de dióxido de carbono são baixos e as células queimam o oxigênio, o que retarda o crescimento da planta).

Fotossínte CAM

O terceiro tipo é chamado de fotossíntese CAM, porque o dióxido de carbono é armazenado, inicialmente, como um ácido durante a noite, quando os estômatos estão abertos. Plantas CAM, como cactos e agaves, têm melhor desempenho em condições áridas, onde o ácido é dividido para liberar o dióxido de carbono durante o dia para a fotossíntese, quando os estômatos estão fechados. Plantas CAM desenvolveram um método que permite a sua sobrevivência e o seu crescimento em condições onde outros tipos de plantas se tornariam dormentes e até mesmo perderiam suas folhas.

Clorofila

A clorofila é um pigmento importante na fotossíntese devido à sua capacidade de absorver a luz. Ele absorve principalmente luz azul e vermelha, dando a aparência verde das plantas para o olho humano, e transfere a energia da luz para uma molécula de clorofila central para facilitar a fotossíntese.

Mais galerias de fotos

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media