×
Loading ...

Qual a diferença entre futebol europeu e latino-americano?

Atualizado em 17 abril, 2017

Mais de um século de futebol mundial competitivo moldou as diferenças perceptíveis entre os estilos de futebol latino-americano e europeu. Algumas dessas diferenças geralmente aceitas se tornaram quase que estereótipos, sobrevivendo apesar da natureza de mudança contínua do jogo moderno. No entanto, filosofias futebolísticas básicas diferem entre regiões culturais, e tanto a Europa quanto a América Latina possuem seus próprios estilos fundamentais.

O futebol brasileiro influenciou toda a região da América Latina (Kim Carson/Photodisc/Getty Images)

Estilo de jogo

Os times latino-americanos tradicionalmente jogam um estilo de futebol mais aberto. Ele flui livremente e se concentra no ataque. Comparativamente, a visão geral do jogo Europeu é um com mais disciplina e menos liberdade de expressão. As táticas europeias tendem a se concentrar em fechar os espaços do adversário, resultando numa aproximação mais uniforme e cautelosa. Essas são visões gerais, que o jogo moderno talvez esteja erodindo. O século 21 viu seleções como a brasileira e a argentina cerrarem suas táticas defensivas, frequentemente sacrificando o futebol mais aberto. Em contraste, a seleção alemã, uma vez conhecida por sua eficiência rígida, demonstrou um estilo de jogo aberto e focado no ataque durante a copa do mundo de 2010.

Loading...

Técnica

Jogadores latino-americanos são conhecidos por sua habilidade técnica. Eles têm confiança com a bola nos pés e gostam de encarar os zagueiros um a um. Movem a bola espontaneamente e com muitas jogadas individuais. O futebol europeu não enfatiza tanto a individualidade. Os técnicos se concentram em trabalho de equipe e encorajam o passe direto entre jogadores ao invés de dribles. Exceções óbvias incluem Espanha, por exemplo, campeã da copa do mundo de 2010 com uma bela demonstração de futebol técnico.

Estilo

Em algum lugar além das habilidades técnicas, está o estilo natural, algo que jogadores latino-americanos possuem em abundância. Os brasileiros são os reis do estilo, e sua paixão por fazer o inesperado parece ter se espalhado para toda a região. Pelé, Maradona, Ronaldo, Ronaldinho e Lionel Messi são somente alguns nomes em uma longa lista de jogadores notáveis. A Europa também produziu uma boa cota de jogadores do tipo, como Zinedine Zidane e Cristiano Ronaldo, mas a maior parte dos fãs e especialistas ainda vêem a América Latina como o lar do futebol espetacular.

Goleiros

Alguns dos maiores goleiros de todos os tempos vieram da América Latina. Ubaldo Fillol e Amadeo Carrizo da Argentina, Gilmar do Brasil e Jose Luis Chilavert do Paraguai são exemplos notáveis. No entanto, os goleiros latino-americanos têm uma reputação de excentricidade e inconfiabilidade, graças a alguns desempenhos tenebrosos de goleiros da região em copas do mundo. Nesse quesito, ninguém se compara ao antigo goleiro colombiano Rene "El Loco" Higuita. Ele era conhecido por conduzir a bola pelo campo, marcando gols em faltas e, mais famosamente, sua defesa do escorpião. Apesar de ser muito popular e um jogador que entretinha a torcida, suas bizarrices não ajudaram a restaurar a reputação dos goleiros latino-americanos.

Loading...

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...