A diferença entre gerenciamento de qualidade tradicional e total

Escrito por tony oldhand | Traduzido por fernando prezotto
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
A diferença entre gerenciamento de qualidade tradicional e total
No gerenciamento total de qualidade, todos focam na qualidade do produto (Michael Blann/Digital Vision/Getty Images)

Gerenciamento está sempre evoluindo. Por exemplo, no século 19, era comum acorrentar crianças a máquinas. Em 2011, os estilos de gerenciamento estão bem diferentes. Na área de qualidade de produção, os estilos de gerenciamento evoluiram também. A abordagem tradicional é ter um departamento responsável pela qualidade. No Gerenciamento Total de Qualidade (do inglês, TQM - Total Quality Management), o modelo é que todos os associados tornem-se seu próprio departamento de controle de qualidade.

Outras pessoas estão lendo

TQM desafia o gerenciamento tradicional

O TQM é um desafio direto ao gerenciamento tradicional. Por ser tão diferente, simplesmente não pode ser um "adicional" ao gerenciamento tradicional. Nem pode ser combinado às estruturas tradicionais de gerenciamento quando a corporação está se reestruturando. Tentar combinar essas técnicas resultará em fracasso.

Diferenças na tomada de decisões

No modelo de gerenciamento tradicional, as decisões são centralizada ou feitas de cima para baixo. Isso significa que o gerente toma as decisões, e os níveis inferiores devem seguir. É bem parecido com os militares. No TQM, os níveis inferiores tem parte na tomada de decisões. Por exemplo, um operador de máquinas nota que sua máquina está fazendo peças ruins. No modelo tradicional, ele chama o supervisor, que toma a decisão de ligar para o departamento de manutenção. No TQM, o funcionário toma a decisão de ligar para o departamento de manutenção.

Responsabilidade pela qualidade

No modelo tradicional, o departamento de controle de qualidade ou pessoa assume a responsabilidade pela qualidade do produto. No modelo TQM, o operador de máquina individual assume a responsabilidade pela qualidade. No modelo tradicional, o departamento de controle de qualidade identifica produtos ruins. Ele investiga e descobre que a máquina está velha. No TQM, o próprio operador inspeciona cada parte que sai da máquina. Se todo operador inspecionar o produto conforme esta sendo construído, toda a equipe se torna o departamento de controle de qualidade.

Foco

No gerenciamento tradicional, o foco é internalizado, onde no TQM o foco é externo. Isso significa que no gerenciamento tradicional, o foco é na filosofia "fazer o melhor que puder". No TQM, o foco é no cliente, que pode exigir mais do que a empresa espera de si própria. No TQM, o cliente é o inspetor de qualidade final.

Encontrar falhas

No gerenciamento tradicional, quando algo dá errado com a qualidade, a culpa é geralmente direcionada ao empregado. No TQM, a culpa e colocada na gerência, que não cumpriu seus deveres corretamente.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível