A diferença entre música clássica e contemporânea

Escrito por randolph driblette | Traduzido por joão marcos lima medina rosa
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
A diferença entre música clássica e contemporânea
O violino é comumente associado à música clássica (Violin image by Jan Bandolik from Fotolia.com)

A música clássica e a música contemporânea são diferentes em diversos aspectos. O mais óbvio deles é o respectivo período do tempo a elas atribuídas. A música clássica é considerada tipicamente aquela feita antes do século XIX, enquanto a música contemporânea é a música criada após esse século. Ambos os estilos são muito diferentes entre si de diversas formas, incluindo instrumentação, forma, estilo, propósito e método de criação

Outras pessoas estão lendo

Instrumentos

O site Ddickerson.igc.org estabelece que tipicamente a música clássica é reproduzida por grupos de instrumentos acústicos. Dentre esses instrumentos encontram-se o violino, viola-de-arco, violoncelo, flauta, contra-baixo, flautim, trompa, tuba, trompete, trombone, clarinete, oboé, fagote e saxofone. Enquanto todos esses instrumentos estão presentes em grandes orquestras, grupos menores de música clássica, chamados de orquestras de câmara, usam apenas alguns. Dentro das típicas orquestras de câmara se encontram os quartetos de cordas e quintetos de sopro de metal e de madeira. Músicas contemporâneas, por sua vez, se utilizam de instrumentos como guitarra, baixo e teclado. Mesmo que ambas as músicas, clássica e contemporânea, utilizem instrumentos de percussão, a clássica geralmente se utiliza da percussão dividida por seções com vários músicos tocando instrumentos separados. A música contemporânea geralmente tem um músico que toca bateria, às vezes com um ou dois percussionistas tocando instrumentos de percussão exóticos.

Formas

A música clássica consiste principalmente em composições instrumentais divididas em várias partes. De acordo com o site library.thinkquest.org, a sinfonia é um típico exemplo de uma composição clássica e inclui quatro movimentos. Entre outras formas de música clássica, pode-se incluir o concerto, rondó, missa, oratório e sonata. A duração dessas formas pode se estender indefinidamente de minutos até horas. A música contemporânea usa formas de menor duração do que as da música clássica, geralmente durando poucos minutos. Também existem menos formas de música contemporânea, com músicas que consistem em conjuntos de versos e coros dispostos em ordens variadas.

Estilos

O site Scaruffi.com estabelece que a música clássica tem muito mais nuances de estilo do que a música contemporânea. Na música clássica, a ênfase é dada à emoção e interpretação que os artistas põem em um pedaço de música escrita. A música clássica também é conhecida por ter uma grande dinâmica de variações e geralmente acelera e desacelera em seus diferentes movimentos. Mesmo que a música contemporânea normalmente expresse sua emoção através do cantor do grupo, dá-se uma maior ênfase à improvisação e à variação do que na música clássica.

Propósito

O site Classical.net propõe outra diferença entre a música clássica e a contemporânea. O propósito da música clássica geralmente é o de entreter uma audiência sentada e estimular a emoção e o intelecto dos ouvintes. Por mais que algumas músicas contemporâneas sejam desenvolvidas para estimular os ouvintes de maneiras similares, esse tipo de música também se difere do estilo clássico em áreas importantes. Muitas músicas modernas são desenvolvidas simplesmente para dançar, o que é incomum para a música clássica fora do balé. Também, enquanto ambas as músicas clássica e contemporânea são usadas comercialmente, é muito mais comum que a contemporânea apareça em vinhetas e comerciais do que a clássica.

Método de criação

A composição de cada tipo de música varia muito. Dado as longas durações da música clássica, é normal compositores levarem anos e até décadas para completar um trabalho. A música clássica é normalmente criada apresentando variados temas e marcas musicais que são desenvolvidas lentamente ao longo da peça. Contrariamente, a música contemporânea geralmente usa menos ideias e marcas musicais. Também, como a música atual é na maioria das vezes centrada no cantor, é comum que ele seja o primeiro instrumento pelo qual o compositor começa a compor. Na música clássica é mais comum para um compositor escrever através do piano, imaginando todos os instrumentos da orquestra tocando diferentes partes da música.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível