Diferença entre parafusos inoxidáveis A2 e A4

Escrito por naomi bolton Google | Traduzido por thiago andre scarani
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Diferença entre parafusos inoxidáveis A2 e A4
Os parafusos de aço inoxidável A2 e A4 são usados por suas qualidades não-corrosivas (stainless steel image by Tom Oliveira from Fotolia.com)

Os parafusos inoxidáveis de padrão DIN/ISO A2 e DIN/ISO A4 são 2 tipos de prendedores inoxidáveis que vêm em diversos tamanhos. Os parafusos A2 também são conhecidos como ASTM 304 ou 18-8 e os A4 são conhecidos como parafusos "marítimos", ou ASTM 316. Devido à natureza não-corrosiva do aço inox ambos os parafusos são usados em aplicações tão diversas como nos setores automotivo e naval, na arquitetura e em projetos de reforma de bricolagem.

Outras pessoas estão lendo

Classificações métricas

Diversos parafusos A2 e A4 usam classificações métricas. O tipo de parafuso e sua classificação métrica geralmente estão marcados no topo de sua cabeça, como, por exemplo, "A2-70". A classe representa a força tensora do parafuso dividida por 10. Por exemplo, um parafuso "A2-70" é feito de aço inox 304 e possui força tensora de 700 N/mm². A classe métrica mais comum entre os parafusos A2 é a A2-70 e nos parafusos A4 é a A4-80.

Resistência à corrosão

Os parafusos de aço inox de grau A2 oferecem uma resistência a corrosão relativamente boa em condições de umidade, oxidação e ácidos orgânicos ou soluções de sais e substâncias alcalinas. O A4, porém, é chamado de aço à prova de ácidos pois é muito mais resistente à corrosão do que o A2. O A4 resiste até mesmo a ingredientes altamente corrosivos como maresia e atmosferas industriais, cheias de ácidos oxidantes.

Uso

Os parafusos de aço inox de grau A4 costumam ser usados em ambientes altamente corrosivos como em aplicações externas, condições marítimas, manufatura têxtil, processamento químico, revelação fotográfica, adegas de vinho, unidades de tratamento de esgotos, estações de bombeamento, moinhos de açúcar e equipamento de mineração. Os parafusos A2, por outro lado, costumam ser usados em prédios, banheiros, cozinhas, equipamentos de processamento de alimentos e de hospital, ferramentas para jardim, ordenhadeiras, equipamentos de cervejaria, veículos automotores, resfriadores de leite de grande porte e equipamentos de refrigeração, entre outros usos. Os parafusos A4 são mais resistentes à corrosão por possuírem mais cromo em sua composição. De acordo com volksbolts.com, a desvantagem da maior presença deste elemento é que o parafuso fica mais frágil e mais propenso a rachaduras. Devido a isso, o parafuso A2, que já é bem resistente a corrosão, é mais comum em aplicações automotivas do que o A4.

Material

Apesar de ambos os parafusos serem considerados de aço inox, a composição deles é bem diferente. O aço inox dos parafusos A2, também conhecido como aço inox comum geralmente possui entre 8 e 13% de níquel e de 17 a 20% de cromo. Os parafusos A4 por outro lado são fabricados a partir de aço inox com cerca de 10 a 14% de níquel, 16 a 18,5% de cromo e ainda incluem de 2 a 3% de molibdênio. Este último elemento fornece maior resistência à corrosão por cloro e minimiza a contaminação metálica, o que faz que ele seja muito apropriado para uso médico e em processamento de alimentos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível