Qual é a diferença entre plantas, fungos e animais?

Escrito por donna earnest-pravel | Traduzido por ricardo guardati
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Qual é a diferença entre plantas, fungos e animais?
Cogumelos podem estar mais perto da carne do que dos legumes (mushrooms image by Alison Bowden from Fotolia.com)

Os eucariotas são qualquer tipo de organismos que possuem células complexas com núcleos, mitocôndrias e outras partes. Os três grupos celulares principais são fungos, plantas e animais. Muitos fungos são relacionados às plantas de uma maneira apenas superficial. Podem se parecer um pouco com elas e têm paredes celulares semelhantes, mas existe uma árvore frenológica que mostra que os fungos podem ser mais estreitamente relacionados com os animais do que com as plantas. Como os animais são mais próximos na história evolutiva dos fungos, pode-se dizer que um cogumelo é mais "parente" de um ser humano do que de vegetais em uma salada.

Outras pessoas estão lendo

Proteínas

As sequências de proteínas dos fungos são mais semelhantes às dos animais do que as das plantas. Por exemplo, a proteína do molde celular do lodo se parece mais com uma proteína animal do que vegetal. O comprimento dos ribossomas em fungos mostram um aminoácido semelhante ao do músculo. Na verdade, há várias sequências de aminoácidos semelhantes aos das pesadas cadeias de proteínas dos mamíferos. Um destes aminoácidos é 81% idêntico a um aminoácido humano.

Clorofila

A celulose das plantas é diferente da fúngica. Quando radiografada, a celulose vegetal é mais cristalina que a fúngica. Tanto os fungos quanto os animais não contêm cloroplastos, o que significa que não podem processar a fotossíntese. A clorofila torna as plantas verdes e as nutre. Em contraste, os fungos absorvem os nutrientes de materiais vegetais em decomposição através de um processo enzimático, e os animais ingerem sua alimentação.

Quitina

Os fungos e animais contêm uma molécula de polissacarídeo chamada quitina que as plantas não possuem. A quitina é um hidrato de carbono complexo usado como componente estrutural. Os fungos usam a quitina como o elemento estrutural nas paredes celulares. Em animais, a quitina está contida no exoesqueleto de insetos e nos bicos dos moluscos. A quitina funciona de forma semelhante à celulose das plantas, porém mais forte. Estudos feitos em fungos polissacarídeos mostraram que a adição de nitrogênio que contêm alcalinos destrói os fungos e produz ácido acético. Estas reações químicas não ocorrem em polissacáridos de plantas.

Os fungos não são algas

As algas são as plantas mais simples e primitivas. Em 1955, o Dr. George W. Martin concluiu que os fungos derivavam de algas que haviam perdido clorofila. No entanto, a hipótese de Martin não considerou que as condições atmosféricas poderiam ter sido diferentes quando a vida começou. Além disso, Martin não levou em consideração que bactérias fixadoras de azoto podem ter existido mesmo antes da evolução das plantas, e que poderiam ter servido de fonte de alimento para os fungos. Em 1966, o Dr. A. S. Sussman observou que, embora os fungos se parecessem superficialmente com as algas, havia aspectos dos fungos, tais como o núcleo da célula e sua organização, que não podiam ser explicados.

Esteróis

Alguns biólogos citaram que os esteróis de origem animal e fúngica são diferentes, por conseguinte, os fungos não podem ser semelhantes aos animais. Os animais produzem colesterol, enquanto que os fungos produzem ergosterol. Após um exame mais detalhado, os esteróis de fungos e animais contêm lanosterol, enquanto os fitosteróis de plantas verdes contêm cicloartenol.

Sua própria categoria?

Talvez os fungos não sejam derivados de plantas nem de animais unicelulares. Alguns biólogos argumentaram que eles são filogeneticamente distintos de todos os outros eucariotos. Os fungos parecem ser únicos no fato de que somente eles exigem um fator de alongamento de tradução chamado EF-3. Existem algumas atividades de proteínas essenciais para a elongação da tradução viva.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível