A diferença entre o polietileno e o PVC

Escrito por john brennan | Traduzido por luiz neves
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
A diferença entre o polietileno e o PVC
Tanto o polietileno quanto o PVC estão em todo lugar. (Zedcor Wholly Owned/PhotoObjects.net/Getty Images)

Polietileno e cloreto de polivinila, ou PVC, são plásticos que se formam por um mecanismo chamado polimerização radical. As condições da reação usada para cada um, entretanto, são diferentes, assim como as estruturas, propriedades e usos de cada um dos materiais acabados. Os dois polímeros são químicos usados a todo momento em seu dia a dia.

Outras pessoas estão lendo

Estrutura

O PVC é formado de longas cadeias de átomos de carbono onde todo átomo de carbono possui um átomo de cloro ligado a ele. O polietileno, por sua vez, é uma larga cadeia de átomos de carbono com apenas átomos de hidrogênio ligados a eles; não há átomos de cloro, oxigênio ou qualquer outro elemento. Além disso, enquanto o PVC sempre tem a mesma estrutura básica, o polietileno é dividido em vários tipos, baseados no grau de ramificações da cadeia principal de cada polímero. Alguns tipos de polietileno, como o polietileno de baixa densidade, são altamente ramificados, enquanto outros não.

Polimerização radical

Tanto o polietileno quanto o PVC são produzidos por polimerização radical, na qual um tipo de composto chamado de peróxido se divide em dois radicais. Um desses dois radicais ataca o grupo de carbonos de dupla ligação, que agora se torna um radical e, por sua vez, pode atacar outros grupos de carbonos de dupla ligação. O PVC, entretanto, é feito por subunidades de cloretos de vinila. Cada monômero do cloreto de vinila tem um par de carbonos duplamente ligados com um átomo de cloro ligado a um deles. O polietileno é feito de subunidades do etileno. Catalizadores especiais são usados para garantir que a cadeia se mantenha não ramificada, enquanto nenhum catalizador é necessário com o PVC.

Propriedades

Tanto o polietileno quanto o PVC são à prova d'água, mas o PVC é mais. Adicionalmente, o PVC é mais resistente ao fogo que o polietileno, porque os átomos de cloro que ele libera durante um incêndio inibem o processo de combustão. O PVC na sua forma natural é frágil e duro, então ele precisa ser amaciado e tornado flexível pela adição de outros compostos chamados plastificadores. As propriedades do polietileno dependem do tipo. O LDPE é muito mais macio e mais maleável que polietilenos lineares como o polietileno de alta densidade, ou HDPE.

Usos

O PVC é o plástico mais popular na fabricação de componentes de encanamento. Ele também é usado para fazer mangueiras de jardim, capas de chuva e bolsas de couro sintético. O polietileno tem uma inúmera variedade de usos. O LDPE é usado para filmes plásticos e bolsas de compras, enquanto o mais duro HDPE é usado para tudo, desde grandes containeres até caixas de leite e brinquedos infantis. O polietileno de alto peso molecular, ou UHMWPE, é tão forte que é usado em alguns coletes à prova de balas e ringues de patinação no gelo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível