A diferença entre quiroprático e fisioterapeuta

Escrito por amy cocke Google | Traduzido por lucas schiavo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
A diferença entre quiroprático e fisioterapeuta
Fisioterapia e quiropraxia são tratamentos diferentes (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

É importante, quando você precisar de atenção médica, escolher a ajuda profissional certa. Quiropráticos e fisioterapeutas servem a duas necessidades médicas diferentes.

Outras pessoas estão lendo

O que fazem os quiropráticos

O quiroprático é um indivíduo que trabalha especificamente com o sistema músculo-esquelético para resolver problemas nesse sistema e no nervoso, assim como os efeitos desses problemas na saúde do paciente. O tratamento não envolve cirurgia nem remédios farmacêuticos. Muitas pessoas associam a quiropraxia com tratamento de coluna, mas os quiropráticos trabalham todo o sistema músculo-esquelético. Em 2006, o ganho médio por ano de médico dessa área era de R$130.000.

O que fazem os fisioterapeutas

Os fisioterapeutas ajudam os pacientes na recuperação da mobilidade e das funções de seus corpos, trabalhando suas deficiências físicas e controlando a dor. Após testar a amplitude do movimento e equilíbrio do paciente, o fisioterapeuta projetará um programa de tratamento para o problema, com o objetivo de melhorar a vida da pessoa. Isso pode incluir ajudar uma pessoa a ganhar mais mobilidade e aumentar o tempo que ela pode se mover em atividades diárias. Então, o fisioterapeuta monitora as melhoras e faz os ajustes necessários. O salário médio por ano dos fisioterapeutas em 2006 era de R$132.400, mas no geral eles ganham menos que os quiropráticos.

Semelhanças e diferenças

Ambos os terapeutas podem ajudar o paciente e melhorar sua saúde. Ao encontrar um paciente pela primeira vez, eles examinam o histórico para ver qual o problema. Instrumentos pode ser usados no tratamento dos dois profissionais - um quiroprático pode colocar o paciente em uma cinta, enquanto o fisioterapeuta ajudará o paciente a andar com uma prótese. Ambos podem se especializar.

Entretanto, os quiropráticos diagnosticam os problemas dos seus pacientes, enquanto os fisioterapeutas tratam pessoas já diagnosticadas. Um quiroprático também pode oferecer terapias alternativas e conselhos sobre cuidado com a saúde.

Educação quiroprática

Um quiroprático em potencial deve completar uma graduação de quatro anos em uma faculdade de quiropraxia. A maioria que entra em uma dessas escolas já é graduada, mas mesmo assim todos devem fazer no mínimo nove créditos de matérias antes de começar o curso. Depois de ganhar um diploma, os estudantes podem entrar em um programa de pós doutorado para realizar a especialização.

Educação fisioterapêutica

Um fisioterapeuta deve ter ao menos uma graduação, geralmente na área médica, e o mestrado em uma faculdade de fisioterapia - programas de doutorado também são oferecidos. O Serviço de Estatísticas do Trabalho antecipa que o doutorado se tornará uma exigência para conseguir ser licenciado.

Licença

Ambos os profissionais devem ser licenciados para praticar a profissão, as quais geralmente são tiradas após os cursos específicos e um teste. Os quiropráticos precisam fazer um exame oferecido pelo Conselho de Examinadores de Quiropraxia. Os fisioterapeutas devem completar os testes estaduais e nacionais.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível