Qual a diferença entre uma Smart TV e uma TV Internet-Ready (pronta para a internet)?

Escrito por david weedmark Google | Traduzido por gustavo esteves
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Qual a diferença entre uma Smart TV e uma TV Internet-Ready (pronta para a internet)?
Prepare-se para pagar alguns reais a mais por uma Smart TV (Ethan Miller/Getty Images News/Getty Images)

Se você está procurando por uma nova TV e está confuso com a diferença entre uma do tipo smart e uma pronta para a internet, você não está sozinho. Da mesma forma que a tecnologia vem evoluindo, as descrições e termos de marketing também. Qualquer uma que consiga se conectar à Internet através da sua rede doméstica, tanto via cabo, quanto via Wi-Fi, é uma TV pronta para a Internet. Hoje, qualquer TV que pode se conectar à Internet, seja diretamente ou através de um outro aparelho que possua internet, como um adaptador, pode ser descrito como uma smart TV.

Outras pessoas estão lendo

Mudança no marketing

Na maioria dos casos, se você estiver lendo um artigo que discute sobre as TVs prontas para a Internet, provavelmente esse artigo foi escrito antes de 2012. Até mesmo em 2011, o termo smart TV se referia apenas a uma TV ou um aparelho que permitia que você navegasse na internet como em um computador, geralmente com um teclado. Se você não pudesse navegar livremente por um site, então não era uma smart TV. Uma TV pronta ou conectável à Internet correspondia a qualquer TV que utilizasse aplicativos para acessar sites específicos, mas não permitia que você acessasse sites fora destes aplicativos. Entretanto, em 2012, era difícil encontrar alguma TV pronta para a Internet. Praticamente qualquer uma fabricada desde então que pode se conectar a sua rede doméstica sem um aparelho intermedário é descrita como uma smart TV.

Escolhendo uma Smart TV

Embora os preços flutuem o tempo todo, geralmente você terá que pagar um pouco mais por uma smart TV em comparação com uma HDTV sem conexão à Internet. O tamanho da tela, a resolução e se a TV é LED, LCD ou Plasma são os principais fatores na hora de determinar o preço de qualquer HDTV. A maioria das smart TVs possuem serviços básicos como YouTube, Hulu e Netflix. Se você planeja comprar uma câmera para sua TV, certifique-se de que a TV possua um serviço de chamadas como Skype ou Google TV, caso contrário você não poderá utilizá-la para este fim. Não há taxas para os serviços que vêm com uma smart TV; entretanto, há taxas para assinaturas individuais, incluindo Hulu Plus e Netflix. Se você utiliza um serviço como iTunes ou Google TV para alugar ou comprar filmes, ou um serviço específico de marca como os encontrados na Sony, você deverá pagar por cada aluguel ou compra. Se há algum serviço ou aplicativo que você procura em uma smart TV, tal como algum jogo ou serviço de vídeo em particular, certifique-se de que esteja disponível na TV antes de você comprá-la. Embora possa atualizar o serviço no futuro, não há garantias que você terá acesso aos aplicativos de uma TV do ano que vem no modelo que você compra hoje.

.

.

Outros dispositivos

Alguns dispositivos podem fazer com que sua HDTV se torne razoavelmente smart. Vídeo games como o Wii, Playstation 3 e Xbox 360, permitem que você acesse serviços baseados na Internet como o Hulu Plus ou Netflix. Diversos aparelhos de Blu-Ray e Home Theater também permitem que você acesse esses serviços. Os modelos da Sony e da Toshiba, por exemplo, permitem que você acesse a Netflix e o Youtube. A Toshiba também oferece conectividade com o Picasa, enquanto outros aparelhos de Blu-Ray diferem, dependendo do fabricante. É importante ler as letras miúdas para ver quais serviços estão disponíveis para cada marca e modelo. Por exemplo, para acessar a sua conta paga da Netflix usando um Xbox, será preciso pagar também por uma assinatura do Xbox Live.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível