Mais
×

Qual é a diferença entre os travesseiros de fibra sintética e os de fibra de poliéster?

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

Almofadas e travesseiros podem ser preenchidos com diversos materiais, de penas a espuma, passando pelas fibras. O recheio de um travesseiro deve ser firme o suficiente para sustentar a cabeça e o pescoço do usuário, mas também deve ser suave para proporcionar conforto. Quando você decide não adquirir um travesseiro com penas ou espuma, por exemplo, por motivos relativos ao custo, alergias ou para evitar produtos de origem animal, só resta uma alternativa: os travesseiros de fibra sintética. A diferença existente entre os travesseiros de fibra sintética e os de fibra de poliéster é mínima.

Substitua almofadas e travesseiros que se deformam ao serem dobrados ao meio (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Fibra sintética

A fibra sintética é um material feito pelo homem que passou por diversos processos: fiação, entrelaçamento ou texturização para criar uma massa densa de fibras macias. As fibras podem se apresentar soltas ou sob a forma de uma manta lisa ou mais espessa. Em travesseiros, elas são mais frequentemente encontradas soltas ou em manta rolada.

A olefina, uma fibra de polipropileno e polietileno, é utilizada para enchimento, principalmente em forros para agasalhos. O acetato, derivado da celulose e do ácido acético, também é transformado em recheio de almofadas e travesseiros. A maioria dos travesseiros de fibras, no entanto, é preenchida com poliéster, de acordo com a Universidade Estadual da Pensilvânia. Lembrando que a fibra de poliéster é apenas um tipo de fibra sintética.

Fibra de poliéster

Em geral, os travesseiros e almofadas de fibra de poliéster são mais baratos do que os de pena de ganso. Eles também são antialérgicos e resistentes ao mofo. Travesseiros e almofadas com fibras soltas de poliéster são propensos a emaranhar, embora o tipo de fibra utilizada apresente núcleos aerados para evitar o problema.

As mantas ou as placas finas de fibras de poliéster podem ser enroladas, achatando-as para preencher travesseiros e almofadas. Com esse procedimento, é menos provável que o recheio fique irregular.

Fibra de poliéster associada a outros enchimentos

Fibras sintéticas de qualquer tipo podem ser associadas a penas visando aumentar a maciez e a durabilidade. Mantas de fibra de poliéster também podem ser enroladas e dispostas ao redor da espuma de um travesseiro ou almofada para suavizar as linhas. As penas sintéticas são um tipo de preenchimento feito com fibras de poliéster de gel mais finas que mimetizam a capacidade das penas verdadeiras de se amoldar à forma da cabeça e do pescoço.

Cuidados de conservação

As fibras sintéticas, inclusive as de poliéster, podem ser levadas à máquina de lavar e à secadora. Lave dois travesseiros de cada vez para que a máquina funcione com uma carga equilibrada, usando água morna e detergente suave. Leve os travesseiros à secadora em alta temperatura junto com algumas bolas de tênis para minimizar a formação de granulosidades. Pode ser necessário lavar os travesseiros à mão após a sua remoção da secadora separando-se os aglomerados de fibras com as mãos através da capa do travesseiro.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article