×
Loading ...

Diferença entre triglicerídeos e fosfolipídios

Atualizado em 21 julho, 2017

Triglicerídeos e fosfolipídios são duas das principais classes de lipídios, e estes, por sua vez, formam uma das principais classes de moléculas biológicas. Apesar de estes dois tipos de lipídios serem parecidos (quase idênticos para um leigo), eles são muito diferentes tanto em características quanto em funções.

Veja as diferenças entre estas moléculas (Creatas/Creatas/Getty Images)

Similaridades

Triglicerídios e fosfolipídios são ambos lipídios derivados de glicerol, que é uma molécula de três carbonos com três grupos de hidroxila ligados a eles. Os átomos de oxigênio dos três grupos hidroxila são prontamente reativos, e as células utilizam esta reatividade para sintetizar ambas as classes de lipídios. Os triglicerídeos e fosfolipídios contêm ácidos graxos de cadeias longas ligados a um ou mais dos grupos hidroxila da molécula de glicerol. Ambas as classes de lípidos podem utilizar os mesmos tipos de cadeias de ácidos graxos, tanto em termos de comprimento quanto de saturação.

Loading...

Características dos triglicerídeos

Triglicerídios, também conhecidos como triacilgliceróis, contêm três cadeias de ácidos graxos ligados aos três grupos hidroxila disponíveis no glicerol. As três cadeias de ácidos graxos podem ser as mesmas, como no caso dos triglicerídios simples. Eles também podem conter vários tipos de cadeias de ácidos graxos, conhecidos como triglicerídios mistos. Eles são fortemente não polares e tendem a formar agregações em solventes polares como a água, e se dissolvem prontamente em solventes não polares tais como o tetracloreto de carbono.

Características dos fosfolipídios

Contrastando com os triglicerídios, fosfolipídios são anfipáticos, o que significa que eles são tanto polares e não polares. Fosfolipídios têm apenas duas cadeias de ácido graxo, e estas cadeias conferem hidrofobia à molécula. No entanto, o terceiro grupo hidroxila na cadeia de glicerol está ligado a um grupo fosfato, o qual podem ser ainda mais modificado por moléculas proteicas, tais como serina, etanolamina, inositol, ou uma segunda molécula de glicerol. Estas modificações secundárias conferem hidrofilia à molécula. Dependendo do número disponível, fosfolipídios tendem a agregar-se em micelas ou bicamadas.

Funções dos triglicerídios

A função primária dos triglicerídeos é o armazenamento de energia a longo prazo; essas moléculas são extremamente eficientes para fins de armazenamento, pois há uma grande quantidade de energia nas ligações carbono-carbono nas cadeias de ácidos graxos. As reservas de açúcar do corpo nos permitiria sobreviver apenas por um curto período de tempo, mas o teor de gordura de um ser humano normal permitiria semanas sem comida. O corpo humano possui a capacidade de alternar rapidamente entre a síntese de triglicerídeos e o metabolismo de triglicerídeos.

Funções de fosfolipídios

Os fosfolipídios são o principal componente da membrana plasmática, encontrada em torno de toda célula viva na terra. Devido à sua natureza anfipática, os fosfolipídios na membrana têm as suas cadeias de ácidos graxos hidrófobos viradas para dentro da membrana e os seus grupos de cabeça polares fosforilo viradas para fora do meio aquoso. As membranas são barreiras físicas de proteção para as células, e a natureza anfipática dos fosfolipídios é a razão pela qual eles fazem boas barreiras.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...