Diferenças entre 60 Hz e 600 Hz

Escrito por andy josiah | Traduzido por marcelo couto
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

Sessenta hertz e 600 Hz são padrões de taxas de atualização em televisores de alta definição. Taxa de atualização é a velocidade com a qual a TV atualiza ou muda a exibição de figuras ou imagens. Embora 600 Hz seja considerada a melhor opção, 60 Hz, na verdade, oferece alguns benefícios que não estão presentes na faixa de reprodução mais rápida.

Outras pessoas estão lendo

Pano de fundo

As taxas de atualização como 60 Hz e 600 Hz apareceram devido ao problema com manchas de movimento nas primeiras HDTVs (TVs de alta definição). Essas manchas se referem à lentidão que resulta do processamento ineficaz de imagens de movimento rápido. O padrão de atualização das HDTVs se tornou 60 Hz em 2007. No entanto, nos quatro anos seguintes, os fabricantes começaram a usar taxas mais rápidas, como 120 Hz, 240 Hz, 480 Hz e 600 Hz.

Vantagens de 600 Hz sobre 60 Hz

Os números da taxa de atualização significam o número de vezes que a HDTV consegue atualizar a exibição na tela. Sendo assim, 600 Hz pode atualizar a tela 600 vezes por segundo, tornando-a dez vezes mais rápida do que uma TV de 60 Hz. Além disso, 600 Hz é mais eficaz do que 60 Hz para eliminar trepidações, que são os movimentos abruptos que a tela faz quando o conteúdo do filme é transformado em vídeo.

Vantagens de 60 Hz em comparação com 600 Hz

No entanto, o problema com 600 Hz é que tornaria o conteúdo do filme muito bom e estável, tornando a imagem da tela menos real. Além disso, já que os filmes normalmente utilizam 60 Hz, o excesso de suavização e estabilidade rouba os estímulos visuais aos quais os telespectadores estão acostumados. Notavelmente, 600 Hz é, na verdade, uma taxa de atualização de subcampo. Isso significa que a TV possui uma taxa de 60 Hz, mas pisca dez vezes os pixeis que compõe cada tela, aumentando assim para 600 Hz.

Estado atual de 60 Hz em comparação com 600 Hz

Na época dessa publicação, TVs de 60 Hz foram há muito tempo ultrapassadas por conjuntos que usam taxas de atualização de 120 Hz e 240 Hz. No entanto, televisões de movimento subcampo de 600 Hz são comparativamente raras. Exemplos de fabricantes que oferecem tais televisões incluem a Samsung e a Panasonic.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível