As diferenças entre bentonita e zeólita

Escrito por sarah clark | Traduzido por angela spada
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
As diferenças entre bentonita e zeólita
Argilas e minerais, como a bentonita e a zeólita, podem ter propriedades medicinais (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Bentonita e zeólita são dois materiais usados em medicina alternativa. Ainda que seu uso seja para limpeza corporal, os dois supostos agentes de cura se originam de diferentes fontes. A bentonita é uma argila, enquanto a zeólita é um mineral cristalizado criado por lava e água. A bentonita pode ser adquirida em múltiplas formas, e a zeólita encontra-se disponível principalmente em forma líquida.

Outras pessoas estão lendo

Propriedades da bentonita

A bentonita é uma substância também conhecida como montmorillonita. Esta denominação se deve aos depósitos de argila nas vizinhanças de Fort Benton, no Wyoming, Estados Unidos. Os depósitos de bentonita podem ser encontrados no mundo todo, mas são mais prevalentes na região das Grandes Planícies da América do Norte. Sua cor é cinza-cremosa, ela é inodora e aveludada ao tato. Seus componentes moleculares se tornam carregados eletricamente e a argila se expande quando misturada em água. Os proponentes do uso da bentonita alegam que esse processo permite que ela absorva e retenha toxinas, metais pesados e outras impurezas.

Propriedades da zeólita

A zeólita provém de minerais aluminossilicatos cristalizados encontrados em depósitos rochosos em todo o mundo. É formada quando a lava se mistura naturalmente com água doce e salgada. A cinza vulcânica se torna cristalina no decorrer de milhões de anos. Os cristais de zeólita emitem vapor quando são aquecidos. A palavra "zeólita" vem do grego e significa "pedras ferventes". A composição molecular da zeólita é uma estrutura em favo de mel feita de silicone e óxidos de alumínio. A carga elétrica negativa criada por esses "favos de mel" supostamente atrai partículas com carga positiva.

Usos medicinais da bentonita

As pessoas que acreditam nas qualidades curativas da bentonita usam a argila para limpar e curar o corpo. É empregada para absorver toxinas corporais e limpar o trato digestório. Seu uso também se destina a aliviar diarreia e remediar intoxicação por metal pesado. A bentonita pode ser encontrada em pacotes de lama, cremes e bálsamos faciais para queimaduras de sol. É disponibilizada em forma de pó, gel e cápsulas. Um uso popular da bentonita é a mistura de uma colher de sopa do pó em água para beber como um regime de limpeza do cólon.

Usos medicinais de zeólita

As pessoas que acreditam que a zeólita é medicinal usam o mineral para remover metais pesados e outros radicais livres do organismo. Seu uso também se aplica ao alívio do refluxo ácido, bem como para equilibrar e estabelecer níveis ótimos de pH. Acredita-se ainda que ajude a reduzir o açúcar sanguíneo em pacientes com casos sérios de diabetes. A zeólita é tipicamente disponibilizada em forma líquida. As pessoas tomam uma mistura de três a 15 gotas de sua forma líquida com água, três vezes ao dia, dependendo de seu regime de limpeza.

Riscos

Sabe-se que a administração interna de zeólita como suplemento dietético causa constipação em alguns usuários. Os que apoiam seu uso atribuem esse problema a afecções encontradas no trato digestório e não à própria argila. Sabe-se que o mesotelioma, uma forma altamente letal de câncer pulmonar, é causado por zeólitas, segundo o site WebMD. Esses minerais têm uma composição química semelhante à do asbestos, outro carcinógeno. Deve-se consultar um médico antes de introduzir bentonita ou zeólita em seu regime dietético regular.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível