on-load-remove-class="default-font">
×
Loading ...

Diferenças entre flor macho e fêmea de abóboras

As abóboras têm dois tipos de flores em cada planta. Diferente de outras plantas com flores com partes masculinas e femininas, as abóboras se especializam em macho ou fêmea. Cada uma das duas flores têm estruturas e funções únicas.

As abóboras crescem apenas a partir de flores fêmeas (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Diferenças anatômicas

As flores masculinas têm caules mais longos, e dentro de suas pétalas fica o estame. Já as flores femininas não têm estame; em vez disso, têm um estigma e um ovário, uma fruta ainda não madura, que se parece com uma pequena protuberância entre a flor e o estigma.

Loading...

Florescimento

As flores masculinas florescem antes -- tipicamente, as primeiras oito flores em uma abóbora são masculinas. As femininas se abrem uma semana depois: florescem momentos antes de amanhecer e se fecham ao meio-dia. Elas não são polinizadas fora da videira.

Polinização

As flores masculinas mais velhas atraem a atenção dos polinizadores. Tanto as flores masculinas quanto as femininas produzem néctar, mas as femininas o fazem em maior quantidade. As abelhas são os polinizadores mais comuns das abóboras, elas coletam o néctar e o transportam até as flores femininas.

Frutificando

As flores femininas frutificam apenas algumas das sementes nos ovários. Cada flor recebe ao menos 15 visitas de abelhas para que o trabalho seja feito de maneira apropriada. Caso a flor não receba pólen o suficiente, poucas sementes se desenvolverão. São essas sementes que liberam os hormônios reguladores do crescimento, de forma que a polinização inadequada resulta em frutos pequenos e mal formados.

Usos culinários

As flores de abóbora são uma iguaria sazonal. Frite as flores masculinas com manteiga. Especialmente em anos de seca, as flores masculinas podem superar as femininas em quantidade de 10 para 1. As femininas são necessárias para a formação das frutas, então comê-las diminuirá a colheita de abóboras.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...