on-load-remove-class="default-font">
×
Loading ...

As diferenças entre os gatos ragdoll e birmanês

Atualizado em 19 julho, 2017

Os gatos birmanês e ragdoll são muitas vezes confundidos, pois ambos possuem pelo médio e, muitas vezes, apresentam cores e padrões similares. No entanto, cada raça tem características específicas que a identificam, facilitando sua distinção. O birmanês tem como marca possuir quatro meias brancas com "laços" até a parte de trás das patas traseiras e o queixo colorido, além do porte médio. Ragdolls têm o pelo macio, uma natureza flexível e o queixo branco, e também são significativamente maiores.

A natureza fofa e flexível de um Ragdoll é uma de suas características mais distintas (ragdoll 1 image by chantal cecchetti from Fotolia.com)

É um birmanês? É um ragdoll?

Há uma quantidade de diferenças significativas entre as raças birmanesa e ragdoll. As diferenças englobam sua origem, natureza e os sinais que denunciam a raça.

Loading...

Origens

O birmanês pode traçar sua linhagem até o Sudeste Asiático, e vem com sua própria lenda -- a lenda dos gatos sagrados da Birmânia. Introduzido na Europa em 1916, foi reconhecido pela Federation Internationale Feline, em 1925. A França ficou conhecida como lar desta raça, apesar de não ser nativa do país e estar em vias de extinção após a Segunda Guerra Mundial, com apenas um casal reprodutor vivo. Hoje, todos os birmaneses no mundo são considerados descendentes desse único par.

Já o ragdoll é uma raça relativamente nova e resultante totalmente da criação humana. Também é americano por completo -- os primeiros ragdolls foram criados na década de 1960 na Califórnia, por Anne Baker, de gatos que possuíam com alguns gatos de livre circulação .

Ambos, ragdoll e birmanês, são raças de pelos médios, e isso, juntamente com certas semelhanças de cores, pode levar à confusão. No entanto, eles têm características reveladoras significativamente diferentes.

Características diferenciadoras

A característica mais distinta comum a todos os birmaneses são as meias brancas da raça, ou luvas. Birmaneses têm as quatro patas brancas, com o branco na parte de trás das patas traseiras subindo até um certo ponto. Esse efeito é conhecido como "laços". É um gato com coloração do tipo "point", o que significa que há áreas de cor intensa em alguns pontos, como face, orelhas e cauda, geralmente combinados com uma cor de corpo tonificada. Para o dedicado observador de birmaneses, maçãs do rosto salientes, narinas baixas e testa plana também são indicativos da raça. Os olhos são, geralmente, azuis, e ligeiramente achatados no topo, em vez de redondos. O birmanês "ideal" também apresenta um queixo bem desenvolvido e colorido e não tem manchas brancas em seu corpo, exceto as meias. Talvez a maior característica distintiva, à primeira vista, seja o fato de o birmanês ser, geralmente, de porte médio, com um corpo longo e pernas atarracadas .

Ragdolls, por outro lado, são significativamente maiores (acredita-se que são uma das maiores raças domesticadas). Eles têm queixos brancos, em comparação com os queixos coloridas do birmanês e, enquanto eles vêm em três variedades padrão (points, mitted e bicolor), a característica mais marcante da raça, além do tamanho e do queixo branco é a natureza flexível que deu ao ragdoll seu nome. O ragdoll tende a ter um olhar "macio" que, combinado com seu tamanho e sua natureza flexível, torna-o altamente distinto do corpo longo e de meias brancas do birmanês.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...