As diferenças entre granito e diorito

Escrito por nicholas ramos | Traduzido por barbara silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
As diferenças entre granito e diorito
O granito é normalmente usado como balcão (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

No mundo das rochas ígneas, diorito e granito estão intimamente relacionados. As duas rochas são duras, não porosas e encontradas em áreas similares. Para os olhos leigos, podem facilmente ser confundidas; no entanto, com um pouco de informação sobre as diferenças dessas pedras, você poderá entender como elas se diferem.

Outras pessoas estão lendo

Diferenças na composição do diorito e do granito

O diorito é composto de feldspato e de diversos minerais de cores escuras, que explicam sua coloração preta. O granito é composto por quatro minerais: feldspato, mica, quartzo e hornblenda. Eles apresentam-se em formas variadas, dando-lhe uma diversidade maior do que o diorito.

Diferenças no uso: tempos antigos e modernos

O diorito tem usos que remontam à tempos antigos. Devido à sua robustez e dureza, foi utilizado para entalhamento do Código de Hamurabi. Também era usado no fortalecimento de muros e torres. Atualmente é usado em placas para pavimentação e paisagismo de jardins. Antigamente, o granito era utilizado para fazer estátuas de grande porte; e os egípcios usaram-no na construção da Pirâmide Vermelha. Nos dias atuais, é usado principalmente para pavimentação e fabricação de bancadas.

Diferenças estruturais

O granito é menos denso que o diorito. O primeiro é um material rochoso de granulação grosseira. Ambos são não porosos; no entanto, o granito ainda é menos, tornando-o mais adequado para pavimentação e bancadas. Como o diorito é mais denso, é mais resistente e tem mais durabilidade para uso em paisagismo.

Outras diferenças

A disponibilidade é outro fator de diferenciação entre essas duas rochas ígneas. O diorito é mais raro. O granito é encontrado sempre no mesmo local; por exemplo, a montanha rochosa da Geórgia é formada por um único afloramento do mineral. O diorito, normalmente, apenas é achado isolado em pequenos terrenos erráticos. Quando localizado em grandes quantidades, frequentemente se encontra junto a granito e gabro. O diorito também é plutônico e intrusivo, significando que os minerais que compõem a rocha cristalizaram-se antes de atingirem a superfície da terra. O granito também é plutônico; no entanto, forma-se a 200 °C abaixo do diorito, dando-lhe mais viscosidade. Dessa forma, ele é mais espesso e tem graus mais altos de semifluidez, devido à sua fricção interna.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível