Diferenças entre granola e muesli

Escrito por cheryl a. beller | Traduzido por ivan st. clair
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Diferenças entre granola e muesli
Granola ou muesli com frutas frescas e iogurte fazem um café da manhã saudável (Breakfast image by JJAVA from Fotolia.com)

Granola e muesli tem mais semelhanças do que diferenças, inclusive o motivo e o local onde foram criados. Ambos os cereais são feitos de grãos, frutas e nozes. Granola é coberta de óleo e adoçante e assada até que fique crocante. Muesli é feito de grãos integrais crus e geralmente submergido em leite, tornando-o menos doce e crocante. O Dr. James Caleb Jackson de Nova York criou a "granula" em 1863 para pacientes em um sanatório, isto é um hospital para pessoas com doenças crônicas. O médico suíço Maximilian Bircher-Benner criou o muesli em 1894 para pacientes de um sanatório de Zurique. Ambos doutores acreditavam que dieta e nutrição eram essenciais para um boa saúde e para a melhora de pacientes.

Granola

Esfarelados e assados em um forno até ficarem crocantes, a "granula" integral foi o primeiro cereal matinal seco produzido em massa. O ingrediente principal da granola é a aveia integral misturada com outros grãos, farelo, germe de trigo, frutas e nozes. Tostado com óleo e mel, xarope ou açúcar mascavo, granola normalmente tem mais açúcar, gordura e calorias que o muesli. Rico em fibras dos cereais integrais, antioxidantes das frutas secas e óleos saudáveis das nozes, a granola é digerida lentamente no sistema digestivo, dando uma carga de energia a longo prazo. Muitas pessoas preferem comer a granola com leite ou iogurte, ou em barrinhas.

O Dr. Jackson criou a "granula" como uma comida saudável para os pacientes do Sanatório Jackson de Nova York. Um dos primeiros gurus da saúde nos Estados Unidos, Dr. John Kellogg, criou uma versão modificada da "granula" em 1881 para os pacientes do antigo Sanatório de Battle Creek em Michigan. O irmão de John, William, foi o fundador da famosa empresa de cereais Kellogg's. Processado pelo Dr. Jackson, Kellogg mudou o nome de seu cereal de "granula" para granola. Nos anos 1960, o movimento hippie e os vegetarianos popularizaram a granola como uma comida saudável.

Diferenças entre granola e muesli
Grãos integrais tostados são o principal ingrediente da granola (Wheat image by Wojciech Kalita from Fotolia.com)

Muesli

O muesli normalmente tem os mesmos ingredientes da granola, mas a textura é mais fina. Feito com aveia crua, centeio, trigo, cevada, sementes, frutas e nozes, o muesli não é assado ou tostado. Normalmente não há a adição de açúcar. Morango ou banana fatiados geralmente são misturados no muesli, que pode ser comido com leite ou iogurte. Assim como na granola, fibra, antioxidantes e óleos saudáveis são muito nutritivos e são digeridos lentamente, o que dá energia por mais tempo. O muesli era originalmente chamado de Birchermüesli já que a receita do Dr. Bircher-Benner era um tanto pastosa.

Diferenças entre granola e muesli
Muesli é composto principalmente de aveia crua e outros grãos misturados com nozes e frutas picadas (Muesli image by __PeTe__ from Fotolia.com)

Industrializados ou caseiros?

Granola e muesli estão disponíveis em muitos sabores e variedades nas lojas de produtos saudáveis e mercados. Fazer estes cereais em casa é simples e muitas receitas podem ser encontradas online. Se desejar fazer uma receita personalizada, escolha os ingredientes que gostar mais e deixe de fora os demais. Misturar e tostar sua própria granola permite controlar a quantidade de açúcar e gordura do alimento. O muesli é mais simples de se fazer em casa pois basta apenas misturar os ingredientes. A granola e o muesli não só são simples de fazer como também duram bastante tempo se guardados em recipientes impermeáveis.

Diferenças entre granola e muesli
Granola e muesli são fáceis de fazer em casa (A close up macro of delicious healthy muesli and raisins image by eAlisa from Fotolia.com)

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível