Diferenças entre intemperismo químico e físico

Escrito por risa edwards | Traduzido por ricardo soares
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Diferenças entre intemperismo químico e físico
Parede de tijolo enfraquecida pelo intemperismo (Image by Flickr.com, courtesy of Leonardo Aguiar)

O intemperismo é um processo no qual as rochas e os minerais são divididos em amostras pequenas ou transformados em um novo material. Existem dois tipos desse fenômeno, o físico e o químico, mas eles muitas vezes trabalham juntos.

Outras pessoas estão lendo

Definição de intemperismo físico

O intemperismo físico, também chamado de intemperismo mecânico, é o processo que divide a rocha em pedaços menores com as mesmas propriedades físicas.

Tipos de intemperismo físico

O intemperismo físico pode ocorrer de várias maneiras. As rochas podem ser quebradas por outro material atingindo-as, pelo crescimento das plantas nas rachaduras e pelo congelamento da água no mesmo local, o que faz com que as rochas se quebrem.

Definição de intemperismo químico

O intemperismo químico é um processo que transforma uma rocha em outra rocha com propriedades químicas diferentes.

Tipos de intemperismo químico

Exemplos de intemperismo químico incluem a oxidação (ferrugem), hidrólise e hidratação. Esses processos envolvem uma reação química com os elementos do meio ambiente e produzem uma rocha com uma nova composição mineral.

Efeitos do intemperismo

O intemperismo é um processo lento que molda toda a superfície da Terra. Ambos processos químico e físico trabalham para corroer as rochas e montanhas, criar areia e mover minerais para novos locais em que podem ser transformados em rochas sedimentares.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível