Diferenças entre ISO 9000, 9001 e 9002

Escrito por catherine hudgins | Traduzido por rodrigo castilhos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Diferenças entre ISO 9000, 9001 e 9002
Você pode melhorar a sua competitividade global com padrões de qualidade comprovados (ruler and tape image by Albert Lozano from Fotolia.com)

A Organização Internacional para Padronização (ISO) fornece padrões para os produtos, materiais, processos e serviços que a economia global necessita – do tamanho da rosca de um parafuso firme aos sinais que identificam os banheiros públicos sem a necessidade de palavras. A família das normas ISO 9000 trata dos requisitos para um Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ), que reduz os custos e aumenta os lucros. Os clientes de todo o mundo sabem que terão uma boa qualidade a um preço competitivo com as empresas em conformidade com as normas ISO 9000.

Outras pessoas estão lendo

ISO 9000: O nome da família

O termo ISO 9000 descreve toda a família de normas relativas ao desenvolvimento, implementação, monitoramento, avaliação e meio de sustentação de um Sistema de Gestão da Qualidade. De acordo com Bob Tvrdík, do Iowa State University’s Center for Industrial Research and Service (Centro Universitário do Estado do Iowa para Pesquisa e Serviço Industrial), embora nem todas as empresas coletem estatísticas sobre os benefícios da redução de custos devido à produção de má qualidade, eles descobrem que os lucros podem aumentar sem qualquer aumento nas vendas quando eles ganham o controle do processo através da aplicação das normas ISO 9000 no SGQ.

ISO 9000: O documento específico

O ISO 9000 também se refere a um padrão único dentro da família. Nesse uso restrito, o termo refere-se a um documento que apresenta os conceitos e define a terminologia utilizada pelo ISO para esse SGQ padrão, fornecendo o recurso de referência para os outros documentos da família 9000 que enunciam os requisitos específicos para o cumprimento e registro. Por exemplo, o ISO 9000 explica que os padrões desenvolvidos e declarados no ISO 9001 e ISO 9004 estão baseados em oito princípios de gestão da qualidade específicos, destinados a melhorarem o desempenho e alcançarem o sucesso através de uma cultura empresarial focada no controle de qualidade.

ISO 9001: Requisitos e como fazer

O ISO 9001 contém os requisitos específicos para criar, instalar e ativar um SGQ que atende às normas ISO. Essa família incluía o ISO 9002 e 9003, os quais se tornaram obsoletos quando o padrão foi atualizado, em 2000. Antes dessa data, o ISO 9002 fornecia as normas de gestão de qualidade para a produção e instalação, enquanto o ISO 9003 cobria os testes e orientações do processo de inspeção. Desde 2000, todas as empresas que buscam a conformidade com o ISO 9000 cumprem as exigências do ISO 9001. Seus esforços devem ser inspecionados e aprovados por um auditor independente para receber o certificado de conformidade com esse padrão. A certificação e a conformidade, contudo, continuam sendo voluntárias, embora as grandes empresas e os governos, muitas vezes, as exijam de seus fornecedores.

ISO 9004: Garantir o sucesso contínuo

A partir de 2000, os padrões ISO 9000 para um SGQ incluem a exigência de que o sistema se sustente e continue o processo de melhoria da qualidade iniciado com a norma ISO 9001. As diretrizes encontradas no ISO 9004 incluem padrões para monitoramento de processos de melhoria da qualidade, avaliando sua eficácia, estabelecendo e encontrado novas metas de qualidade em toda a empresa.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível