Diferenças entre pintar e envernizar uma cerca

Escrito por james stevens | Traduzido por laísa nascimento
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Diferenças entre pintar e envernizar uma cerca
A decisão de pintar ou envernizar uma cerca depende de sua localização e propósito (Comstock Images/Comstock/Getty Images)

À primeira vista, pintar e envernizar podem parecer métodos similares para proteger sua cerca. Na verdade, eles são procedimentos completamente diferentes com resultados distintos. A pintura cobre a cerca, enquanto que a envernização permite que você veja a madeira. Você pode usar os mesmo pincéis tanto para pintar quanto para envernizar, mas se for aplicar verniz também pode usar um pano para limpar o excesso do produto, dependendo do tipo escolhido para uso. É preciso verificar qual o efeito que se deseja dar à cerca antes de decidir pintá-la ou envernizá-la.

Outras pessoas estão lendo

Pintando uma cerca

Pinte uma cerca se quiser destacá-la para que combine com o ambiente em sua volta. A pintura pode dar um efeito de que ela não é de madeira. Se for uma cerca feia de alumínio, pinte-a para disfarçar sua aparência. Você pode pintar uma cerca em uma varanda para dar uma sensação mais aconchegante à área. A tinta não é absorvida pela madeira, enquanto que o verniz é. Ela é apenas uma cobertura. Pintar uma cerca pode dar a ela uma proteção de longo prazo, mas é preciso garantir uma cobertura completa. Todas as áreas que não estiverem encobertas permitirão a infiltração de água sob a tinta, fazendo-a descascar.

Envernizando uma cerca

É comum escolher envernizar uma cerca para não só protegê-la contra o tempo, como também para melhorar a aparência da madeira. Você pode até mesmo fazê-la parecida com um tipo diferente de madeira. Por exemplo, pode-se fazer uma conífera comum parecer mogno. Quando se enverniza, o produto é absorvido pela madeira. Passe uma grossa camada inicial na madeira nua, deixe secar e repita o processo. Não tente envernizar uma cerca de metal, pois não funcionará, visto que o verniz precisa ser absorvido e o metal não é absorvente. Tentar envernizar uma cerca de metal ou de outro material não absorvente resultará em verniz escorrendo pela superfície como se você tivesse pulverizado água nela.

Preparação

Seja qual for método que você escolheu adotar, preparar sua cerca antes de pintá-la ou envernizá-la é importante. Se estiver envernizando, então não precisa ficar muito preocupado com a superfície; apenas certifique-se de que ela está completamente seca e livre de sujeira e poeira. Caso contrário, alguns lugares não ficarão envernizados. Se for pintar a cerca, use uma lixadeira ou lixa para garantir que as superfícies fiquem lisas. Se a cerca for de metal, você precisa remover quaisquer sinais de ferrugem, esfregando a área suavemente com uma lixa apropriada para uso em metal. Aplique a primeira demão de primer antes de aplicar tinta na cerca. O primer sela a madeira e impede que a pintura seja absorvida por ela.

Longevidade

Você precisará envernizar uma cerca com mais frequência do que repintá-la. O sol e o tempo fazem o verniz desaparecer depois de alguns anos. Além disso, a proteção que o verniz dá à cerca se deteriora, e a madeira pode acabar apodrecendo. Uma cerca bem pintada pode durar muitos anos antes de precisar ser repintada. Verifique-a a cada primavera para ver se bolhas se formaram ou se ocorreu descascamento. Se sim, você precisa lixar a área e aplicar o primer antes de repintar.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível