Diferenças entre policarbonato e acrílico

Escrito por bert markgraf | Traduzido por gabriela vilas boas ornelas
Diferenças entre policarbonato e acrílico
Você pode usar policarbonato ou painéis de acrílico como substitutos do vidro (David Sacks/Digital Vision/Getty Images)

Você pode usar tanto policarbonato quanto painéis de acrílico como substitutos do vidro em projetos para janelas ou iluminação. Enquanto acrílico e policarbonato são transparentes e estão prontamente disponíveis em lojas de materiais de construção, são materiais completamente diferentes com características distintas.

Como são feitos

O policarbonato é um polímero produzido por reação do fosgênio com bisfenol A e injeção de plástico quente em formas ou extrusão, através de um orifício para formar barras ou tubos. Nomes comerciais mais comuns são Lexan e Makrolon. O plástico acrílico é feito a partir do monômero de metacrilato de metilo em forma de pó ou de xarope e é formado por aquecimento em folhas ou tubos com um catalisador de polimerização, tal como o peróxido. Um nome comercial comum é Lucite.

Força e durabilidade

Ambos policarbonato e acrílico são mais fortes e mais leves do que o vidro, mas riscam mais facilmente. Dos dois, o policarbonato tem uma maior resistência ao impacto e é usado em aplicações de blindagem. O acrílico é rígido e pode lascar; já o policarbonato pode ser produzido em folhas flexíveis. Acrílico e policarbonato são menos resistentes a solventes do que o vidro; o primeiro só deve ser limpo com sabão neutro para evitar corrosão. É possível aplicar amônia ao policarbonato, mas evite solventes fortes.

Trabalhando com plásticos

Você pode cortar e perfurar policarbonato e acrílico com equipamentos padrões, mas é necessário cola plástica especial para uni-los. Como o acrílico é rígido, tende a rachar se houver furos muito perto da borda e é preciso aquecer as folhas para dobrá-las. Policarbonatos são menos propensos a lascar e rachar e as folhas podem ser dobradas quando frias. Ambos os materiais são sensíveis ao calor. Acrílicos são estáveis em temperaturas de até 90 °C e policarbonatos podem resistir em temperaturas de até 115 °C.

Diversas aplicações

O policarbonato plástico é utilizado em aplicações que requerem alta resistência ao impacto e durabilidade, como em para-brisas de automóveis de corrida, viseiras de hóquei e futebol americano, garrafas de bebidas reutilizáveis ​​e computadores. O acrílico plástico é usado como substituto do vidro rígido, em aquários, compartimentos para animais e exposições de varejo. Ele substitui o vidro quando transparência e rigidez são necessários, mas é desejável um peso menor.

Saúde e segurança

Ambos policarbonato e acrílico são mais inflamáveis do que o vidro. Acrílico plástico queima facilmente e não deve ser utilizado em ambientes que podem conter chamas. Policarbonato plástico tem uma baixa inflamabilidade e pode se apagar por si só, mesmo que pegue fogo, embora possa sofrer danos. Para policarbonatos em contato com alimentos, como em garrafas de bebidas, há alguma preocupação do bisfenol A ou BPA contaminar a comida e ser absorvido pelo organismo. Até 2014, estudos sobre a magnitude desse efeito e os possíveis riscos para a saúde foram inconclusivos.

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível