Diferenças entre protocolos BOOTP e DHCP

Escrito por stephen byron cooper Google | Traduzido por josé fabián
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Diferenças entre protocolos BOOTP e DHCP
Computadores domésticos não possuem mais endereços próprios (Jupiterimages/Polka Dot/Getty Images)

O protocolo Bootstrap é mais velho do que o DHCP ("Dynamic Host Configuration Protocol" ou "Protocolo de configuração de host dinâmico", em tradução livre). DHCP foi desenvolvido a partir da plataforma de procedimentos BOOTP, e portanto é considerado uma melhoria. Os dois sistemas são considerados métodos alternativos e às vezes intercambiáveis de distribuição de endereços IP.

Outras pessoas estão lendo

Endereços IP

Os endereços IP são definidos pelo protocolo de internet (Internet Protocol). Infelizmente, o número de endereços disponíveis sob este esquema está se esgotando, as empresas fornecedoras de internet mantêm reservatórios de endereços IP e os direcionam a membros da rede quando precisam de acesso. Isso é chamado de direcionamento IP dinâmico. BOOTP foi criado em 1985 antes dos endereços IP dinâmicos existirem e foi desenvolvido com a ideia de que todo computador deveria ter um endereço permanente, o que é chamado "direcionamento estático". O direcionamento dinâmico permite que as redes mantenham menos endereços do que computadores no sistema, calculando que nem todos os computadores estarão ativos ao mesmo tempo.

DHCP

Como invenção posterior, DHCP fez refinamentos ao modelo BOOTP. O DHCP usa os mesmos procedimentos e estruturas de mensagens para pedidos e entregas de endereços IP; no entanto, estendeu os campos no formato da mensagem para incluir instruções de configuração. O BOOTP exige que o computador envie uma segunda mensagem solicitando um arquivo de início com os detalhes da configuração depois de adquirir o endereço IP. A operação de uma fase do DHCP é considerada uma vantagem sobre o processo de duas fases do BOOTP.

BOOTP vs DHCP

Tanto DHCP como BOOTP direcionam os endereços IP aos computadores por um tempo limitado. Após isso, um computador pode deixar de usar a rede, mas é incapaz de "devolvê-la" formalmente. Isso pode ocorrer no caso de uma falha do sistema ou quando o computador é desligado abruptamente. O DHCP usa um sistema de alocação por oito dias, mas esse tempo geralmente é encurtado. BOOTP foi desenhado para outorgamento de endereços estáticos e o prazo padrão é de 30 dias. Isso significa que os endereços IP perdidos permanecem nessa condição e não são recuperados por mais tempo do que no caso de DHCP.

Renovação

O BOOTP não possui procedimentos de renovação. O DHCP permite aos computadores reter um endereço solicitando uma renovação. Isso significa que as alocações mais curtas são práticas, pois os usuários podem fazer esse processo repetidamente. Essas alocações tornam mais fácil e mais rápido recuperar endereços IP perdidos. Um cliente DHCP tem também a opção de pedir uma extensão a um servidor diferente daquele outorgado, o que permite a diversos servidores DHCP tomarem o lugar do outro em caso de falhas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível