Conhecimento

Diferenças entre a Revolução Americana e a Revolução Francesa

Escrito por tatsiana amosava | Traduzido por pamela oliveira
Diferenças entre a Revolução Americana e a Revolução Francesa

As revoluções francesa e americana possuem muitas semelhanças

Jupiterimages/liquidlibrary/Getty Images

A Revolução Americana (1775-1783) e a Francesa (1789-1799) tiveram muitas similaridades. Ambas foram motivadas pelo desejo de criar uma constituição que proclamasse direitos humanos inalienáveis e começaram devido a impostos injustos. Números comparáveis de pessoas morreram nas duas revoluções: 25000 americanos, 19740 ingleses e 7554 alemães durante a Revolução Americana e até 40000 durante a Francesa. Apesar disso, também existem muitas diferenças.

Outras pessoas estão lendo

Identificação e independência

A França era uma nação bem estabelecida muito antes da revolução. Não enfrentava nenhum perigo externo importante no final dos anos 1780. Já a revolução Americana foi uma luta pela independência de outra nação e pela criação de uma identidade. Na França, o motivo essencial da revolução foi a transformação da estratificação da sociedade pois o "terceiro estado" via o clero e os nobres como parasitas sociais.

Atitudes em relação à monarquia

Os americanos não eram antimonarquistas inicialmente. Eles consideravam que seus direitos como colônia inglesa estavam sendo desrespeitados e suas principais queixas eram contra o parlamento inglês. Na França, a revolução foi praticamente contra o monarca e seus poderes. Revolucionários viam o monarca como um traidor e agiam de forma agressiva contra a família real. Isso os levou a acusar o monarca de conspirar contra o povo francês, o que levou à execução da família real.

Estratificação social

Igualdade social não era a preocupação principal da revolução Americana. A escravidão foi abolida mas isso não influenciou drasticamente a estratificação social da sociedade americana. Na França, a estrutura social era formada por três classes tradicionais: clero, nobreza e os demais. A revolução transformou todos eles. O fim dos privilégios baseados na origem social era o principal objetivo da revolução Francesa.

Revolução e religião

Os patriotas americanos não pretendiam romper com a Igreja inglesa, mas a revolução Americana não era movida pelo objetivo religioso. A revolução Francesa era, e atingiu a maioria de seus objetivos. Ela eliminou os privilégios do clero. Monastérios e igrejas foram fechados, os monges e freiras foram encorajados a voltarem para a vida privada. Muitos padres foram mortos. O Culto à Razão surgiu durante a revolução como parte do plano francês de "descristianizar" o país. Ele valorizava o iluminismo e o racionalismo acima da crença em uma divindade.

Valores e lemas revolucionários

John Locke formulou três valores básicos que foram adotados pelos patriotas americanos: vida, liberdade e propriedade. Eles lutaram pela ideia de que governantes precisavam proteger esses valores. A revolução Francesa defendia três valores também: liberdade, igualdade e fraternidade, ou morte. A última parte foi adotada durante o período do terror em 1793-1794. Assim, o valor comum defendido por ambas as revoluções foi a busca pela liberdade.

Mais galerias de fotos

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media