Mais
×

Como diferenciar aço inoxidável de latão

Atualizado em 17 abril, 2017

Seja em casa ou em uma galeria de arte, é importante entender a diferença entre o aço inoxidável e o latão. O primeiro é uma liga de ferro com um mínimo de 10,5% de cromo, já o latão é uma liga de cobre e zinco. Isso dá a cada metal qualidades e aspectos bem diferentes.

Instruções

As propriedades acústicas do latão o tornam perfeito para fazer instrumentos (Jupiterimages/Polka Dot/Getty Images)
  1. Observe a cor. Na maioria dos casos, esse é o indicador mais óbvio para diferenciar o aço inox do latão. Normalmente o primeiro tem uma cor prateada ou cinza, geralmente “escovada” e não tão lustrosa como o aço polido. O latão, por outra parte, é dourado e frequentemente imita o ouro na arte; quando fica velho ou sujo, pode ficar de cor verde ou preta por causa da corrosão, mas normalmente é muito brilhante. Contudo, ambos os metais podem ser manipulados para que as cores sejam diferentes. O latão pode ser vermelho, amarelo, dourado ou prateado, dependendo das propriedades dos aditivos, como o níquel. O aço inox pode ser de cor de bronze, dourado, vermelho, roxo, azul e verde quando a camada inerte de óxido de cromo na superfície é alterada com processos químicos.

    Os eletrodomésticos de hoje são frequentemente feitos de aço inox, pois o material quase não requer manutenção (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)
  2. Verifique o metal em busca de manchas ou corrosão. O aço inox não oxida, corrói nem exibe manchas. Se você observar sinais de envelhecimento, provavelmente o metal não seja aço inox. O latão tende a ser mais suscetível ao envelhecimento e ficar preto, branco ou marrom por causa do clima e do uso. Por outro lado, o aço inox foi inventado em 1911, portanto uma obra de arte antiga não pode ter sido feita dele. O latão tem sido usado desde a pré-história e é um material comum em obras de arte e objetos domésticos.

    O latão corrói com o tempo (como a maçaneta da esquerda) e deve ser limpado para recuperar o brilho (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)
  3. Observe a maleabilidade do metal. O latão é mais mole, portanto mais maleável, e tem menos probabilidades de criar faísca. Pelo segundo motivo, o material é usado frequentemente em máquinas, onde uma faísca pode desencadear um incêndio. Se você bater juntos aço inox e latão, o segundo provavelmente acabará marcado.

    Como o latão é mais maleável, pode ser usado para criar formas mais complicadas (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)
  4. Escute o som dos metais. A moleza do latão o torna perfeito para fazer instrumentos porque o som precisa ressonar com a harmonia certa. Se você for bater em um disco grande de latão com um pau, o som será como o de um gongo. Um disco similar de aço inox não criará um som tão agradável aos ouvidos.

    O som profundo e ressonante do latão permite criar instrumentos como a trombeta (Jupiterimages/Goodshoot/Getty Images)
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article