Como diferenciar um cavalo jovem de um idoso

Escrito por sara clark | Traduzido por josé fabián
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como diferenciar um cavalo jovem de um idoso
As características de um cavalo mudam segundo a idade (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Os cavalos jovens se diferenciam dos idosos na personalidade e comportamento, além da aparência física. Os primeiros são mais imprevisíveis e menos equilibrados. Os segundos tendem a ter mais experiência em várias disciplinas e um maior treinamento, mas também mais problemas de saúde. Se você quiser comprar um cavalo, pode ser útil ver sinais de idade e aprender as características de exemplares de diferentes idades.

Outras pessoas estão lendo

Cavalos jovens

Os cavalos cuja idade seja menor a um ano são chamados de potros. É fácil identificá-los porque as patas são exageradamente grandes em relação aos corpos, a pelagem é mais suave e as caudas são curtas e pouco desenvolvidas. A aparência do animal é descoordenada e infantil.

Já aos 4 anos, o cavalo fica mais "idoso" e começa a ser treinado para ser montado. Algumas raças atingem a maturidade mais rapidamente e, portanto, podem começar a educação antes. Os cavalos de corrida são treinados desde que são muito novos, tendendo a sofrer mais problemas nas patas com a idade.

Cavalos idosos

A idade na qual um cavalo fica "idoso" depende do tamanho e da raça do exemplar. As competições de veteranos (shows onde eles são montados ou levados amarrados) admitem cavalos de até 15 anos. Muitas raças vivem até 20 ou 30 anos. Muitos cavalos grandes, no entanto, vivem menos que os pôneis, cujo tamanho não é maior a 1,47 m na área do garrote.

Os cavalos menores e os pôneis frequentemente atingem a maturidade mais rapidamente e podem começar a trabalhar mais rapidamente e tendem a viver mais, pois as articulações são menos exigidas. A vida útil deles pode ir de menos de 4 anos até quase 30.

Os cavalos maiores, em comparação, podem ter uma vida laboral mais limitada, entre 4 ou 5 e 20 anos.

O cavalo mais idoso do mundo, listado no Livro Guiness dos Recordes, morreu em 2007 aos 56 anos.

Diferenças físicas

Os cavalos jovens tendem a ter peles e olhos mais brilhantes do que os exemplares mais idosos e uma aparência mais alerta. Não têm problemas para segurar um peso constante ou manter o tônus muscular e sofrem menos problemas de saúde.

Os cavalos mais idosos possuem uma pelagem mais opaca e cabelos brancos, particularmente ao redor do focinho e dos olhos. A carne ao redor dos olhos retrocede gradualmente, dando uma aparência oca. O animal perde massa muscular na coluna, o que o deixa mais arqueado e o coloca em risco de problemas relacionados com a idade, como artrite, doença de Cushing e afecções respiratórias.

Diferenças no comportamento

O comportamento dos cavalos depende de mais fatores que a idade, mas no geral, um cavalo idoso é mais estável e calmo. Os animais muito jovens não possuem a experiência suficiente para superar o instinto natural de voar e frequentemente reagem a situações que os mais idosos ignoram. Estes, por outra parte, podem estar mais felizes de instalar-se em um lugar sozinhos e ser menos dependentes do suporte do rebanho.

Diferenças nos dentes

Muitas pessoas sabem que você pode determinar a idade do cavalo observando os dentes. No entanto, o método não é exato. No geral, os dentes dos cavalos idosos se inclinam para a frente a um ângulo muito maior e ficam grandes e amarelados. Também podem ficar soltos nas gengivas, o que causa dificuldades para comer.

Os dentes de um cavalo novo são de uma cor branca muito mais brilhante e de um tamanho menor. Além disso, o animal não possui o sulco de Galvayne, um sulco de cor marrom sobre os incisivos superiores que aparece aproximadamente aos 10 anos de idade.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível