Como diferenciar estertores crepitantes de sibilos

Escrito por jennifer young | Traduzido por wanderson andrade
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como diferenciar estertores crepitantes de sibilos
Profissionais médicos podem diferenciar estertores sibilos (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

Estertores, também chamados de estalos, e sibilos são sons respiratórios produzidos pelos pulmões. Esses sons podem ser distinguidos através da ausculta, com utilização de um estetoscópio. Os sons pulmonares podem ser ouvidos em todas as partes do tórax, desde a clavícula até a parte inferior da caixa torácica. Estertores e sibilos são dois dos quatro sons mais comuns da respiração.

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Estetoscópio

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Coloque os tampões para os ouvidos no seu canal auditivo e posicione a outra extremidade na área periférica da frente do tórax do paciente. A zona periférica é a parte superior da caixa em relação aos braços. Ouça os sons da respiração durante a respiração normal.

  2. 2

    Coloque a campânula contra o peito, na frente da área perto da parte inferior da caixa torácica. Ouça os sons da respiração durante a respiração normal.

  3. 3

    Coloque a campânula na área periférica ao redor do peito e ouça os sons respiratórios durante a respiração normal.

  4. 4

    Coloque a campânula contra o peito, perto da área inferior de trás da caixa torácica. Ouça os sons da respiração durante a respiração normal

  5. 5

    Repita do passo 1 ao 4 e ouça os sons produzidos à medida em que o paciente fizer respirações profundas, se necessário.

  6. 6

    Determine se os sons são ouvidos constantemente durante a inspiração, a expiração ou ambos. Se forem, o paciente tem sibilos, que são causados pelo ar movendo-se através das vias aéreas estreitadas por constrição, inchaço ou uma via aérea com obstrução parcial.

  7. 7

    Determine se os sons são ouvidos de forma intermitente, lenta ou não cadenciada. Esse tipo de som é caracterizado como crepitação ou estertores, que são causados pelo ar forçado através das passagens respiratórias estreitadas por fluido, muco ou pus.

Dicas & Advertências

  • Um médico qualificado vai ser capaz de determinar o tipo de som, as possíveis causas e o tratamento adequado.
  • A presença de estertores ou chiado pode indicar uma condição médica séria. Os pacientes devem consultar um médico, que pode realizar outros testes, como a análise de uma amostra de escarro, um exame de sangue, uma radiografia de tórax, uma tomografia computadorizada ou testes de função pulmonar.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível