Como diferenciar a prataria e talheres verdadeiros de itens falsos

Escrito por helen holzer | Traduzido por anderson gandor
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como diferenciar a prataria e talheres verdadeiros de itens falsos
Verificar a prata dos talheres e da prataria pode ser complicado (Comstock/Comstock/Getty Images)

A prata é um metal precioso que tem sido usado em joalheria e outros itens desde 4000 d.C. Sua beleza e maleabilidade a tornam especialmente popular na joalheria. No entanto, devido à sua maciez, os ourives geralmente ligam-na com outros metais como chumbo, cobre e zinco, fortalecendo-a especialmente para a prataria. As marcações revelam se uma peça é genuinamente de prata. As peças banhadas recebem apenas uma fina camada de prata sobre um metal mais barato e são um truque comum entre os falsificadores. Diversos testes podem verificar se a prataria e talheres são genuínos.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Lupa
  • Pano macio
  • Imã
  • Lima de metal
  • Mostarda amarela francesa
  • Isqueiro
  • Vinagre branco

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Verifique sua prataria com uma lupa e procure por marcações de conteúdo. A prata esterlina contém 92,5% de prata e geralmente recebe a marcação "925", "S925", "SS", "Sterling" ou "Ster". Peças com menos prata podem ter marcações como "800", o que significa 80% de prata e 20% de liga, o que reduz o seu valor. Tenha cuidado, porque falsificadores podem colocar qualquer marcação em seus produtos.

  2. 2

    Esfregue um pano macio sobre a prataria e procure por marcas escuras no pano. Peças de prata esterlina oxidam, manchando com a exposição ao ar, portanto, o pano deve possuir manchas escuras. Se a prata é banhada com platina este método não funciona.

  3. 3

    Cheire a prata. Um cheiro de cobre ou bronze significa que existe muita liga de metal na peça e que é prata verdadeira.

  4. 4

    Utilize um imã forte o suficiente que necessite de duas mãos para separá-lo do objeto. Mesmo que a prata esterlina tenha alguma liga, se for verdadeira só sofrerá um leve puxão em direção ao imã. Se o metal, seja ouro, prata ou platina, prender-se ao imã, ele não é verdadeiro.

  5. 5

    Examine cuidadosamente sua prataria. Se a prata parece estar desgastando-se, pode ser uma placa de prata, o que não é um bom material para um jogo de talheres que vai ser muito utilizado. Se a prata se parece com tinta é porque provavelmente é. Uma simples raspagem com uma lima de metal pode confirmar isto.

  6. 6

    Coloque uma pincelada de mostarda amarela francesa sobre a sua prataria. Aqueça a mostarda com um isqueiro. O enxofre contido nela irá reagir com a prata para criar uma mancha preta de sulfito de prata. Se ela for falsa não ficará preta. Limpe a mancha escura com vinagre branco e um pano macio.

Dicas & Advertências

  • Peça a um joalheiro para testar sua prata com ácido nítrico. Ele fará uma marcação em um ponto discreto e colocará um pouco de ácido nítrico, que é um perigoso agente químico. Se tudo permanecer branco cremoso, a peça é de prata. Se a reação ficar com manchas verdes escuras, especialmente na área preenchida, a peça não é de prata. Itens banhados em prata terão a cor branco cremoso, mas com a área preenchida na cor verde. Você não irá conseguir restaurar a área que ficou escurecida.
  • Não utilize ácido nítrico em casa.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível