on-load-remove-class="default-font">
×
Loading ...

Os diferentes estilos de ioga

Mulher meditando ao ar livre
Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

Introdução

O ioga é uma prática que combina corpo e mente. Ele está incluído no CAM (Medicinas Alternativas e Complementares) e suas origens encontram-se na filosofia indiana. A prática de ioga combina o exercício físico e a respiração com técnicas de meditação e relaxamento. Essa prática tem objetivos diferentes, desde a obtenção de uma boa forma física até melhorar a saúde do corpo e da mente. Existem três tipos básicos de ioga: a Raya, Karma yoga e Gñana. Destas, diferentes escolas de ioga se desenvolveram até os dias de hoje. Destacamos nesta galeria as mais difundidas.

Mulher praticando Hatha ioga
Jupiterimages/Pixland/Getty Images

Hatha ioga

Hatha ioga é a técnica mais praticada nos Estados Unidos e na Europa. Enfatiza as posturas corporais (asanas) e exercícios de respiração (pranayama). O objetivo é preparar o corpo para a meditação sem sofrer fadiga ou agitação. Deste estilo derivam muitos outros, como Iyengar, Ashtanga, Vini, Kundalini e Bikram ioga.

Os diferentes estilos de ioga podem compartilhar as mesmas posições. A diferença está em como você trabalha
Motoyuki Kobayashi/Digital Vision/Getty Images

Jivamukti ioga

Fundada por David Life e Sharon Gannon, a Jivamukti é um estilo de ioga baseado nos princípios da não-violência e devoção. Para praticá-la é preciso ter certa aptidão física e boa saúde, porque é um tipo de ioga descrito como vigoroso.

O Bikram ioga é praticado a 40°C
Creatas/Creatas/Getty Images

Bikram ioga

Bikram Choudhury, nomeado aos 14 anos de idade “Yogi Raj” (Rei dos Yoghis), fundou esta escola, que se baseia em uma série de 26 posturas. É praticado em uma sala onde a temperatura se eleva a 40°C. O objetivo é aquecer os músculos para desintoxicar o corpo através do suor.

Meditação junto ao mar
Jupiterimages/Comstock/Getty Images

Kundalini ioga

Mestre Yogui Bhajan introduziu este estilo no Ocidente na década de 1970. Conhecida como a ioga da consciência, combina exercícios simples e posturas físicas com controle da respiração, o canto de mantras e rituais de gestos (mudras). Sua prática proporciona paz de espírito e vitalidade.

O Iyengar ioga está à procura de precisão, detalhes e alinhamento corporal adequado
Jupiterimages/Pixland/Getty Images

Iyengar ioga

Mestre Yogacharya B.K.S. Iyengar fundou e aperfeiçou juntamente com seus dois filhos, Geeta e Prashant, este tipo de ioga que se concentra na precisão, nos detalhes e no alinhamento adequado do corpo. Suas bases estão nos ioga-sutras ou aforismos de Patañjali, alguns textos antigos que datam do século III a.C.

Alunos praticando algumas típicas posturas de ioga
Creatas/Creatas/Getty Images

Ashtanga Vinyasa ioga

Sri K. Pattabhi Jois popularizou este estilo durante o século passado. Seu professor, Krishna Nama Acharia, a aprendeu durante sua estadia no Himalaia. Ela é baseada no texto Vinyasa e enfatiza o movimento com a respiração (vinyasa), através de um método progressivo de séries de posturas com uma respiração específica (uyáii pranayama). Elimina toxinas, aumenta a força e a elasticidade, mas requer algum grau de força muscular e elasticidade para sua prática.

Anusara ioga é um tipo de disciplina vigorosa da ioga
Kraig Scarbinsky/Digital Vision/Getty Images

Anusara ioga

O americano John Friend fundou em 1997 a Anusara ioga. Esta técnica combina o alinhamento correto do corpo com a realização de posições fluídas e conexão com o plano espiritual. É uma corrente do Hatha ioga moderno que traz elementos do Iyengar ioga e do hinduismo tradicional aos conceitos ocidentais de saúde.

Rir tem um efeito benéfico sobre a saúde do corpo
Goodshoot/Goodshoot/Getty Images

Ioga do riso

O jornal London Times apontou o Dr. Madan Kataria como o Guru do Riso por ser o fundador do movimento de Clubes de Ioga do Riso em 1995, amparado por estudos científicos sobre os efeitos psicológicos, fisiológicos e bioquímicos benéficos do riso sobre o corpo humano. Esse tipo de ioga é, portanto, um novo conceito de autocura que mistura a respiração da ioga com exercícios para estimular o riso.

Praticar ioga em família ajuda a manter a forma e fortalecer os laços emocionais
Thinkstock Images/Comstock/Getty Images

Os benefícios da prática da ioga

Alguns estudos científicos, tais como aqueles realizados pelo Centro Nacional para Medicina Complementar e Alternativa do governo federal dos Estados Unidos, mostram que a prática da ioga pode ter efeitos benéficos na saúde humana, ajudando a manter a aptidão física, estimular a reabilitação e reduzir os níveis de estresse, insônia e depressão. Portanto, praticar ioga é recomendado para a saúde física e mental.