Diferentes tipos de rocha para aula do ensino fundamental

Escrito por andrea colburn | Traduzido por carina martins
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Diferentes tipos de rocha para aula do ensino fundamental
O currículo do ensino fundamental geralmente inclui geologia e o estudo dos três tipos diferentes de rochas. (rocks image by dinostock from Fotolia.com)

Nas aulas de ciências do ensino fundamental, é comum que os alunos aprendam noções de geologia básica, incluindo diferentes tipos de rochas e como elas são formadas. Para ensinar este assunto, é útil levar para a classe amostras dos três diferentes tipos de rocha encontrados na natureza: ígneas (ou magmáticas), sedimentares e metamórficas. As amostras geralmente podem ser encontradas com uma pesquisa simples, ou compradas em sites de colecionadores de rochas.

Outras pessoas estão lendo

Conhecimento sobre os tipos de rochas

Praticamente todas as rochas encontradas em nosso planeta podem ser divididas em três categorias, dependendo das forças da natureza que as criaram. As ígneas são aquelas formadas por magma - ou lava -, que esfriou e se solidificou. Sedimentares são aquelas formadas pela sedimentação de materiais na superfície da terra ou na água. Rochas metamórficas são o resultado de outras rochas que passam por transformações graças a condições extremas de temperatura ou pressão. Para melhor demonstrar esses tipos de rocha em uma aula de ciências do ensino fundamental, pode ser muito eficaz levar amostras de cada categoria.

Rochas ígneas ou magmáticas

Os geologistas já identificaram mais de 700 tipos de rochas ígneas na crosta e na superfície terrestre. Aquelas que se formam na crosta são conhecidas como rochas intrusivas ou plutônicas. As que se formam na superfície da terra são conhecidas como rochas vulcânicas ou extrusivas. As duas categorias são resultado do esfriamento de lava, ou magma, que se origina abaixo da crosta terrestre. Variedades de rochas ígneas que são facilmente encontradas e identificáveis para apresentação em sala de aula incluem basalto, granito, pedra-pomes e obsidiana.

Rochas sedimentares

As rochas sedimentares são causadas pelo acúmulo de sedimentação que se transforma em rocha ao longo de um extenso período de tempo. Isso geralmente acontece quando materiais são desalojados por causa da erosão ou condições climáticas, e se acumulam em corpos de água. Esses depósitos acontecem em camadas, e muitas vezes podem ser visualizados dentro das próprias rochas. Por esta razão, as rochas sedimentares são importantes para entender a história da Terra; uma vez que diferentes camadas, ou estratos, podem ser usados para determinar a ordem e idade de eventos geológicos. Variedades de rochas sedimentares que funcionam bem em aulas incluem quartzo, arenito, xisto, carvão, calcário e halita (sal de rocha).

Rochas metamórficas

Rochas metamórficas são formadas quando uma rocha já existente, de qualquer tipo, conhecida como protólito, é submetida a grandes volumes de calor e pressão, que causam mudanças físicas ou químicas. O protólito pode ser uma rocha ígnea, sedimentar ou mesmo uma metamórfica já existente, antes de sua transformação. Elas são importantes porque permitem ao geólogos entender as atividades que acontecem sob a superfície terrestre. Ardósia, mármore e xisto são variedades de rochas metamórficas que podem ser encontradas facilmente e usadas como amostras na aula de ciências.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível