Diretrizes para uma dieta sem trigo

Escrito por rick suttle Google | Traduzido por aline abreu
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Diretrizes para uma dieta sem trigo
Existem opções gostosas sem trigo (Domino's)

A alergia ao trigo é uma das mais comuns no que diz respeito a alimentos. O dilema é que quase todas as comidas nas lojas e restaurantes o contém. Isso ocorre principalmente porque a maioria dos produtos comerciais de hoje é feita com várias fontes de grãos. A sensibilidade ao trigo pode variar de moderada a severa. Como essas pessoas encaram muitos obstáculos em seus hábitos alimentares, aqui estão algumas diretrizes existentes para substituição do trigo.

Outras pessoas estão lendo

O início

A alergia ao trigo pode ocorrer durante a infância ou mais tarde. Embora seja difícil identificar sua origem exata, ela normalmente acontece em pessoas com o sistema imunológico comprometido ou enfraquecido. O que se sabe sobre tais alérgicos é que seu sistema digestivo é sensível às proteínas do glúten contidas no trigo. E quando o comem, eles podem sofrer vários sintomas, dos moderados aos mais graves.

Sintomas

Os sintomas da alergia ao trigo podem ser desconfortáveis, mas normalmente não representam risco. As pessoas podem sofrer tonturas, gastrite, congestão nasal, perda de fôlego, náuseas, caibras estomacais, diarreia, coceiras nas partes íntimas, vermelhidão ou rachaduras na pele e até mesmo vômitos. Um ou mais desses sintomas pode durar por meses e mesmo anos antes da alergia ser detectada.

Tais sintomas podem ser muito similares aqueles comuns a outras alergias de alimentos como leite, fermento ou soja. Se uma pessoa está sofrendo de qualquer sintoma mencionado acima por algumas semanas, ela deve consultar um médico. Ele provavelmente fará um diagnóstico do problema e recomendará um bom alergista.

Alimentos para evitar

A maioria dos cereais, pães, tortas, muffins, panquecas, pizzas, bolos, biscoitos, bolachas, sorvetes, casquinhas, picolés, massas, sopas cremosas, cervejas, bebidas fermentadas, comidas prontas, pretzels e muitos outros alimentos contêm trigo. Por isso, essa alergia é uma das mais difíceis de lidar. Dietas completas devem ser reformadas para evitar os desconfortáveis sintomas. Isso pode levar muito tempo e esforço.

Se uma pessoa com alergia a trigo comer fora em um restaurante, ela precisa ficar longe de croutons e pães. Também deve perguntar ao garçom que tipo de molho foi usado em sua carne ou frango. Os ingredientes geralmente contêm trigo ou outro tipo de glúten que o alérgico não pode comer.

Substituições

Existem muitas diretrizes para pessoas com alergia a trigo. A principal é que elas fiquem longe de alimentos que o contêm. Existem muitas cartilhas que mostram o que se pode ou não se pode comer. Um alergista pode fornecer essa informação após seu paciente testar positivo para certo alimento.

Em vez de pães que contenham trigo, pão de arroz ou de espelta podem substitui-lo; a maioria corta totalmente o pão de suas dietas. Elas escolhem arroz, aveia, batatas e outros grãos como milho. Existem muitos grãos que as pessoas não sabem que são vendidos em lojas de alimentos saudáveis. Receitas de pizza sem glúten também podem ser encontradas.

A maioria das pessoas com alergia a trigo não tem problemas com carne, arroz, batatas, vegetais, frutas, milho, aveia, nozes e legumes frescos. Existem muitas guloseimas disponíveis que utilizam arroz e aveia no lugar do trigo. Tais itens podem ser encontrados em lojas de comida natural ou mesmo em mercados, pois a maioria deles tem um setor de alimentos saudáveis.

Tratamento

Se houver uma suspeita de alergia ao trigo, a maioria dos alergistas fará testes no paciente para determinar se existem problemas com outros alimentos. Quando há a constatação, a pessoa recebe certas restrições em sua dieta, bem como informações de alimentos que pode comer.

Alguns alergistas sugerem uma rotação das dietas para seus pacientes. Eles comem diferentes tipos de alimentos sem trigo por três dias e comem trigo no quarto dia. Não há repetição de grupos de alimentos. Essa dieta ajuda comprovadamente algumas pessoas a superarem problemas alérgicos.

Gotas sublinguais também podem ser utilizadas para aliviar os sintomas. Algumas vezes, evitar o trigo é quase impossível. Se o alérgico está em um almoço da empresa, por exemplo, e não tem outra opção, as gotas, que neutralizam o efeito do trigo, podem ser usadas para diminuir os sintomas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível