Diretrizes para exame de Papanicolaou com resultado anormal

Escrito por contributing writer | Traduzido por claudio silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Diretrizes para exame de Papanicolaou com resultado anormal
Exame de Papanicolau (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

O exame de Papanicolau é um teste que analisa alterações nas células do colo do útero. É recomendado para mulheres sexualmente ativas e / ou mulheres com mais de 18 anos de idade. Algumas mulheres (mulheres com menos de 30 e aquelas que estão no grupo de risco) fazem o exame Papanicolau anualmente, enquanto as outras o fazem a cada três anos. Testes de Papanicolau são realizados durante um exame pélvico, no qual é inserido um especulo na vagina para abri-la. Aí então, o médico faz uma raspagem das células do colo do útero que ele posteriormente olha sob um microscópio para detectar anomalias.

Outras pessoas estão lendo

Resultados do Papanicolau

A maioria dos laboratórios nos Estados Unidos utilizam um sistema uniforme chamado Sistema de Bethesda para avaliar os resultados dos testes, que são colocados em vários grupos diferentes, cada um com um protocolo. O primeiro grupo é "normal", o que indica que não foram observadas alterações celulares. Mulheres com o resultado do teste de Papanicolau normal não precisam de nenhum cuidado ou tratamento adicional. Outras classificações possíveis incluem células escamosas atípicas (ASC ou ASC-US, siglas em inglês), lesões intra-epiteliais de baixo grau (LSIL, sigla em inglês), lesão intraepitelial escamosa de alto grau (HSIL, sigla em inglês), células glandulares atípicas ou câncer.

Células escamosas atípicas (ASC)

Um resultado de ASC significa que algumas células são ligeiramente anormais, porém não são consideradas como pré-cancerosas. Pode haver muitas razões para essas células, incluindo uma infecção, relação sexual ou uma simples irritação. No entanto, este resultado também pode indicar alterações pré-cancerosas. Há várias opções disponíveis para os médicos quando um exame de Papanicolau volta com este resultado. Alguns médicos simplesmente repetem o exame no período de quatro a seis meses. Outros médicos farão um teste de HPV, e se algumas formas de alto risco forem encontradas, eles recomendarão um procedimento chamado colposcopia. Esse exame envolve a inserção de um colposcópio no colo do útero para que o médico possa ver o seu interior e procurar por anormalidades.

SIL (lesão intraepitelial escamosa)

A SIL inclui duas categorias - baixo grau, LSIL, e HSIL, alto grau. A LSIL significa que leves alterações pré-cancerosas iniciais foram observadas nas células. Já a HSIL significa que foram observadas alterações pré-cancerosas moderadas ou graves. A SIL de baixo grau pode desaparecer espontaneamente sem tratamento, enquanto a que a SIL de alto grau necessita de tratamento. A colposcopia deve ser feita para que o médico possa determinar a extensão das mudanças celulares. Se o resultado for LSIL, a mulher deve ser observada por um período e ser informada de que deverá fazer testes de Papanicolau regularmente para ver se o LSIL desapareceu por conta própria. Em casos de HSIL, a criocirurgia ou a cirurgia a laser podem ser utilizadas para destruir as células anormais. Geralmente, a fertilidade não é afetada por esses tratamentos, que congelam (criocirurgia) ou queimam (cirurgia a laser), as células anormais.

Células glandulares atípicas

As células glandulares atípicas geralmente sugerem que um câncer invasivo de células escamosas está presente, porém mais testes devem ser feitos para determinar isso. Uma colposcopia pode ser recomendada, ou uma biopsia cervical pode ser realizada para remover e avaliar as células anormais.

Câncer

A classificação final é o câncer. Esse resultado ocorre quando o câncer realmente já se desenvolveu no colo do útero. Se este é o resultado de um exame de Papanicolau anormal, você terá que ser encaminhada para um oncologista para formular um plano de tratamento para o câncer cervical.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível