Como distorcer o som de uma guitarra

Escrito por robert russell | Traduzido por pedro henrique braga
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como distorcer o som de uma guitarra
A distorção faz parte da estética do rock 'n' roll (Polka Dot RF/Polka Dot/Getty Images)

Em algum momento na história do rock 'n' roll o som de uma guitarra distorcida tornou-se a marca definitiva desse jovem gênero musical. Link Wray é considerado como um pioneiro na distorção das guitarras. Assim como o rock evoluiu na década de 1960, a distorção se tornou uma parte ainda maior da estética da guitarra. Eric Clapton definiu o padrão quando gravou o álbum "Beano" com John Mayall. Ele ligou a sua Les Paul em um amplificador Marshall e aumentou o volume no ultimo. O tom da guitarra distorcida de Clapton influenciou a maioria dos guitarristas de sua geração, incluindo um jovem Jimmie Hendrix.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Amplificador valvulado
  • Pedal de distorção

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Compre um amplificador valvulado para a guitarra. Uma grande variedade de amplificadores valvulados está disponível, mas Fender e Marshall são as duas principais empresas que estabeleceram o padrão para o tom dos amplificadores distorcidos. Guitarristas de blues, bem como tocadores de rock, amam amplificadores Fender. A distorção do Fender produz um som distorcido quente. Os modelos clássicos são Deluxe Reverb, The '59 Bassman, e o Pro Reverb. Os modelos mais recentes, como os Blues Deluxe e do Hot Rod Deville vem com um canal de ganho ou de drive. Os amplificadores Marshall originais foram modelados a partir do Fender '59 Bassman, que tem quatro alto-falantes de 10 polegadas. Amplificadores Marshall também dispõem de um canal de drive ou de ganho. Os amplificadores Marshall preencheram a necessidade de mais potência e distorção de ícones do rock, como Jimmie Hendrix e Eric Clapton. Marshall tem uma ampla variedade de amplificadores que variam desde a série JVM para a série Vintage. O Classic 5 é um amplificador de baixa potência que produz o tom Marshall clássico.

  2. 2

    Plugue um cabo no conector de entrada da guitarra e ligue a outra extremidade do cabo na entrada do amplificador. Ligue o amplificador e espere que as válvulas se aqueçam. A maioria dos amplificadores valvulados possuem dois interruptores, um interruptor "Power" (energia) e um interruptor "ON". Alguns amplificadores valvulados possuem apenas um interruptor de alimentação. As válvulas precisam ser aquecidas antes do amplificador ser completamente ligado. Se o seu amp tiver dois interruptores, ligue o interruptor "Power" e permita que as válvulas se aqueçam por cinco minutos antes de ligar o interruptor "ON". Se o seu amp tiver apenas um botão, basta ligá-lo e as válvulas serão gradualmente aquecidas por alguns minutos antes do amp produzir algum som.

  3. 3

    Ajuste os controles de volume e tom do amplificador. Os modelos Fender clássicos possuem um botão "Volume" que controla o som. Gire o botão de volume até o amplificador começar a distorcer. Um truque é girar o botão de volume até o dez. Continue recuando o volume ao tocar a guitarra até os sons ficarem limpo. O nível de distorção em amplificadores Fender, dependendo do modelo, está geralmente entre o cinco e dez. É importante manter o controle do volume na guitarra no máximo para obter o efeito pleno. Se o seu amp tem um botão de ganho, bem como de volume, ou um volume master e um botão de volume, você terá um pouco mais de controle. Gire o ganho ou volume master até dez e, em seguida, ajuste o botão de volume para um nível confortável.

  4. 4

    Compre um pedal de distorção. Além da distorção natural do amplificador, muitos guitarristas contam com pedais para alcançar uma variedade de sons distorcidos. Usar um pedal também lhe permite alcançar uma variedade de sons distorcidos sem precisar aumentar demais o volume de seu amp. Uma variedade de pedais de distorção está disponível. As três categorias básicas de pedais são os de overdrive, de distorção e pedais fuzz. Pedais de Overdrive simulam a distorção natural das valvulas, enquanto os de distorção e fuzz fornecem mais borda e ruído.

  5. 5

    Conecte um cabo de guitarra na entrada do pedal e ligue a outra extremidade do cabo na entrada do amplificador. Conecte um segundo cabo na entrada do pedal e ligue a outra extremidade do cabo no conector de entrada da guitarra. Ligue o amplificador e ajuste os botões de volume e tom até os níveis que você usa normalmente. Ligue o pedal e ajuste os controles. Pedais de distorção geralmente têm três botões; um de volume, um de tom e um de distorção. Toque sua guitarra e experimente o pedal até encontrar o tipo de distorção que se adapte ao seu estilo de música.

Dicas & Advertências

  • Usar um pedal de distorção deixa fácil alternar entre um som limpo e um distorcido. Amplificadores modernos geralmente apresentam um canal limpo e um de ganho. Isso permite que o guitarrista defina um canal para um som limpo e o segundo canal para um som distorcido.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível