O que é a doença descamativa da figueira?

Escrito por sable woods | Traduzido por angela spada
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que é a doença descamativa da figueira?
As cochonilhas sugam a seiva da figueira e deixam uma substância branca chamada de seiva doce na superfície das folhas e caules (Wim B (Wikimedia Commons))

Quando uma cochonilha faz sua casa em uma figueira, a infestação se enraíza e logo segue a doença descamativa. Saber qual é a aparência da cochonilha e onde ela se localiza, o problema que causa, como tratar a planta que torna-se infestada e como impedir a volta dos insetos ajudará os cultivadores a manter com mais facilidade suas figueiras.

Outras pessoas estão lendo

Descrição da cochonilha

As cochonilhas são insetos de forma ovalada com cerca de 3 mm de comprimento e geralmente ficam escondidas nos caules e embaixo das folhas. É difícil encontrá-las porque aparentemente não se movimentam ou se parecem com insetos e, nos estágios iniciais, têm a mesma cor da folha ou do caule. À medida que amadurecem, suas carapaças endurecem e tornam-se marrom-escuras.

Ramificações

As cochonilhas sugam a seiva da figueira e deixam uma substância branca chamada de seiva doce na superfície das folhas e caules. Quando a infestação torna-se grave, as folhas amarelecem e caem e a seiva doce goteja sobre o resto da árvore e em qualquer tapete ou móveis nas proximidades.

Tratamento

Pulverize a planta com uma solução de 1 colher de sopa de sabão de lavar louças dissolvida em 2 colheres de água morna, meia colher de sopa de sabão diluída em uma mistura de um 1/4 de xícara de álcool de fricção e uma xícara e meia de água morna (podendo ser necessário repetir a aplicação cerca de uma semana depois, para certificar-se de atingir todas as cochonilhas). Esmagar os insetos com as unhas também funcionará, porém, mais insetos virão, a não ser que você use métodos de prevenção, portanto, isto deve ser feito a cada nova infestação.

Prevenção

Para minimizar ou prevenir problemas, limpe regularmente a figueira. Pulverize de modo consistente a folhagem com água morna. Para prevenir que os insetos se espalhem para outras partes de sua casa, limpe com álcool quaisquer tesouras ou outros instrumentos que use após cada poda. Se a figueira para um ambiente interno vier da área externa durante o verão, verifique se há descamação e outros insetos antes de levá-la para dentro de casa.

Outros insetos

As cochonilhas-algodão parecem manchas brancas que transformam-se em bolhas algodonosas depois de infestarem uma árvore por algum tempo. Uma cobertura cerosa e semelhante a um material filamentar cobre essas manchas, dificultando sua eliminação com sprays. Esses insetos gostam de fixar-se em lugares onde seja difícil fazer o tratamento pulverizador, com raízes ou o local onde a folha se une ao caule (chamado de áxil). Os pulgões, que podem ser de qualquer cor, também sugam a seiva de uma árvore e a cobrem com seiva doce. Geralmente, ocultam-se sob as folhas e em partes recém-brotadas da planta, mas podem causar um crescimento distorcido ou retardado. A figueira pode ter ácaros se os seus caules e folhas se tornarem bronzeados e, em seguida, desenvolverem um material semelhante a teias embaixo das folhas das árvores. Os ácaros migram lentamente e formam colônias em toda a árvore, o que pode sinalizar a morte iminente da planta. As folhas e outras partes mortas da planta são encontradas em torno das áreas em que os insetos são mais ativos. Os ácaros não podem ser vistos sem lentes de aumento e é difícil eliminá-los.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível