Doenças contraídas ao lidar com areia sanitária para gatos

Escrito por nicole papagiorgio | Traduzido por ana olson
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Doenças contraídas ao lidar com areia sanitária para gatos
A falta de higiene durante a limpeza da caixa de areia do seu gato pode transmitir doenças (Katzen Tagtraum image by life_artist from Fotolia.com)

A areia sanitária limpa não representa nenhum tipo de risco para seres humanos, visto que é geralmente composta por argila ou milho. Entretanto, os gatos podem transmitir doenças aos humanos através da areia após urinar e defecar. Para evitar este problema, lave sempre suas mãos com sabão antibacteriano após limpar a caixa de areia do seu animal.

Outras pessoas estão lendo

Salmonella

Os seres humanos podem contrair a bactéria Salmonella se não lavarem as mãos após limpar uma caixa de areia infectada e tocarem suas bocas. A Salmonella precisa ser ingerida oralmente para causar infecções.

Os gatos podem carregá-la em seu trato digestivo, especialmente se comem carne crua ou animais selvagens. Entretanto, ela não os afeta negativamente.

Infecção por Streptococcus

Bactérias estreptocócicas podem ser transmitidas pelos gatos aos seres humanos quando a pessoa toca a areia contaminada e leva a mão à boca. Elas podem causar vários tipos de infecções, desde simples amidalites até faringite estreptocócica.

Micoses

A micose é um dos problemas mais comuns e graves de saúde causados pelo contato com areia de gato usada e infectada. Ela é causada por um fungo, que é tratado de forma diferente nos gatos e nos seres humanos. Como outras doenças transmitidas pelos gatos, a micose é contraída pela ingestão do fungo através do contato com fezes infectadas.

Toxoplasmose

As mulheres grávidas são instruídas a não lidar com a areia sanitária durante a gravidez. O toxoplasma, um parasita encontrado em fezes de gato, que pode infectar seres humanos, é a razão por trás disso. Mulheres que compartilham espaços com um gato podem já ter sido expostas ao parasita e não terem sido infectadas ou não apresentarem sintomas. No entanto, se a mulher for exposta ao toxoplasma durante a gravidez, a criança pode apresentar malformações congênitas ou problemas de saúde que só se manifestarão no futuro.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível