Doenças encontradas em estrume de vaca

Escrito por dee davies | Traduzido por andré prata
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Doenças encontradas em estrume de vaca
Cuidado com os alimentos que consome (Zedcor Wholly Owned/PhotoObjects.net/Getty Images)

Muitas doenças encontradas em estrume de vaca são facilmente transferíveis para os seres humanos. A matéria fecal contaminada entra em bolsões e sistemas de abastecimento de água durante as enchentes. Além disso, muitos fazendeiros e jardineiros fertilizam as plantações com estrume de vaca. Assim, os patógenos no esterco se transferem para os produtos frescos ou acabam indo para os sistemas de água durante as chuvas. Os agentes patogênicos causadores de doenças entram, por fim, na comida. Portanto, lavar o produto não mata esses organismos. Durante as operações de processamento de carne, os patógenos causadores de doenças contaminam as máquinas e qualquer produto alimentício subsequente que passa através deles. A criptosporidiose, E. coli 0157, giárdia, listeriose e salmonela são doenças encontradas em estrume de vaca.

Outras pessoas estão lendo

A Escherichia coli (ou, de forma abreviada, E. coli) é um grande grupo de bactérias, algumas das quais deixam os seres humanos doentes. Elas causam diarreia, pneumonia, doenças respiratórias e infecções do trato urinário. Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC da sigla em inglês) relatam que uma bactéria em particular, a E. coli 0157, é geralmente responsável por surtos generalizados. A exposição ao estrume de vaca contamina a carne e, quando os agricultores usam o esterco contaminado como fertilizante, ele acaba contaminando também as colheitas de produção. Essa bactéria pode sobreviver em temperaturas tão baixas quanto -5 °C por 70 dias.

Listeriose

A listeriose é uma infecção causada pela ingestão de alimentos ou bebidas contaminados com Listeria monocytogenes. Ela pode causar confusão, convulsões, diarreia, febre, dor de cabeça, perda de equilíbrio, dores musculares, náuseas e rigidez no pescoço. O CDC informa que as mulheres grávidas infectadas com listeriose podem passar a infecção para o feto e ter um parto prematuro, um aborto ou um bebê natimorto. A Listeria está presente na matéria fecal de muitos seres humanos e vacas. A maioria das infecções de listeriose ocorrem quando os seres humanos ingerem produtos frescos fertilizados com estrume de vaca.

Salmonela

Existem mais de 2.000 espécies de salmonela. As cólicas abdominais, diarreia e febre são seus sintomas predominantes. A diarreia muitas vezes resulta em desidratação e esses pacientes acabam necessitando hospitalização. O CDC relata que a salmonela pode entrar na corrente sanguínea e causar a morte se não houver um tratamento antibiótico imediato. A salmonela é um organismo microscópico encontrado na matéria fecal que se transfere facilmente entre humanos e animais.

Criptosporidiose e giárdia

A criptosporidiose resulta de parasitas microscópicos vulgarmente chamados "cripto", tal como a doença. Ela provoca cólicas abdominais, desidratação, diarreia, febre, náuseas, perda de peso e vômitos. A criptosporidiose na maioria das vezes se espalha através de fontes de água contaminadas e sua ingestão pode ocorrer quando um indivíduo acidentalmente engole essa água durante atividades recreativas ou enchentes. Ela também se espalha através do contato com superfícies contaminadas, como descargas de vasos, baldes de fraldas, maçanetas ou latas de lixo. A giárdia tem sintomas e métodos de infecção semelhantes aos da criptosporidiose, mas é provocada pelo parasita Giardia intestinalis.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível