Doenças e ferrugem em árvores cítricas

Escrito por faith mcgee | Traduzido por erisana victoriano
Doenças e ferrugem em árvores cítricas
Use spray de fungicidas na primavera como uma medida preventiva para árvores cítricas (citrus fruits image by Svetlana Privezentseva from Fotolia.com)

Uma variedade de doenças e pragas podem prejudicar a saúde de suas árvores e reduzir a produção de frutos. Esporos de fungos e bactérias são os responsáveis ​​pela maioria dessas doenças. Como os esporos de fungos podem se espalhar com o vento e a água, uma árvore no quintal pode infectar o resto da plantação de citros. Jardineiros devem iniciar o monitoramento de árvores no início da primavera, quando as temperaturas começarem a subir e os esporos de fungos saírem da dormência e quando pragas, como ácaros de ferrugem, começarem a subir.

Exame

Esporos de fungos podem passar o inverno em árvores cítricas à espera da elevação de temperaturas para germinar. Climas úmidos e quentes favorecem tanto doenças bacterianas e quanto fúngicas. Características comuns de doenças fúngicas incluem descoloração das folhas, desfiguração das flores, fuligem preta crescendo nas folhas, frutas podres, crescimento atrofiado e perecimento de galhos. Doenças como a sarna citros, alternaria de mancha marrom, phytophthora e manchas gordurosas são conhecidas por prejudicar a saúde e estética das plantas cítricas.

Identificação

A identificação da doença que afeta a árvore cítrica é de extrema importância para que se use o tratamento correto. Apesar de a maioria dos fungicidas conter cobre, é fundamental decidir o que está afetando a planta e as medidas de tratamento adequadas. Para identificar corretamente a doença, os jardineiros podem podar um pouco da porção doente da árvore e enviá-la ou levá-la para departamentos municipais. Além disso, muitos sites de universidades, como o da Universidade da Califórnia, oferecem fotografias de árvores infectadas para comparação. Cultivadores locais podem fornecer informações adicionais sobre a doença da planta.

Ferrugem

De acordo com a Universidade da Flórida, os ácaros de ferrugem cítricas são um problema predominante para os produtores e jardineiros. Essas pragas se alimentam de frutas, folhas e talos. Seus danos causam redução da produção de frutas e problemas de saúde para a árvore. As populações de ácaros de ferrugem cítricas começam a crescer em abril no EUA, ou outubro aqui no Brasil. Jardineiros podem notar a folhagem começando a morrer ou descolorir antes mesmo de perceberem os ácaros. Como ácaros são tão pequenos, eles podem não ser vistos a olho nu, mas seu dano arruína a estética de inúmeras árvores.

Poda

A poda das partes danificadas da árvore é útil para a sua reabilitação e aparência em geral. Mergulhar a ferramenta de poda em uma mistura de 70% de álcool desnaturado e 30% de água entre os cortes pode auxiliar na prevenção da propagação de doenças causadas por fungos. Fazer um corte de 45 graus para baixo em um broto saudável impedirá que folhas caiam deixando feridas que possam ainda ser infectadas por doenças fúngicas. Qualquer fruta doente, folhas, galhos ou ramos debaixo da árvore devem ser jogados fora, pois seus esporos de fungos podem continuar a infectar a árvore.

Químicas

Os pesticidas são usados ​​para o tratamento de ácaros de ferrugem, enquanto fungicidas são pulverizados para o tratamento de doenças fúngicas. A identificação correta do problema de sua árvore cítrica é extremamente importante, porque o fungicida terá pouco efeito sobre os ácaros e o pesticida não vai lutar contra o fungo. Jardineiros devem escolher dias secos e com pouco vento para pulverizar suas árvores cítricas. Escadas podem ser empregadas para atingir o topo da copa. Sem dúvida, as aplicações repetidas de qualquer pesticida ou fungicida serão necessárias já que os dois problemas de árvores cítricas são difíceis de tratar.

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível