Doenças fúngicas em humanos

Escrito por lysis | Traduzido por kelly isayama
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Doenças fúngicas em humanos
Fungos podem causar sérias doenças nos seres humanos (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Doenças fúngicas são causadas por organismos do reino Fungi. Elas causam sintomas que variam desde os minoritários, na pele, até tecidos mais profundos, além de poderem causar também septicemia, que são infecções no sangue que permitem a migração do fungo para outros locais do corpo. Alguns tipos de fungos parasitam os seres humanos e apenas causam doenças em pessoas com sistemas imunes comprometidos. Já outros, por outro lado, sempre causam doenças quando uma infecção ocorre.

Outras pessoas estão lendo

Tipos de fungos

Fungos existem em duas formas: bolores e leveduras. Leveduras são comumente encontradas na área vaginal e trabalham em conjunto com o sistema imune para combater infecções bacterianas. Elas não podem ser vistas a olho nu. Já os bolores são visualizados como crescimentos crespos que criam esporos que, por suas vezes, se espalham e desenvolvem outras manchas de mofo. Muitas pessoas possuem reações alérgicas severas contra bolores e seus esporos.

Candidíase

A candidíase é comumente causada pela espécie Candida albicans. Ela é parte da flora natural da pele, o que ajuda a manter a homeostase da flora bacteriana. Assim, a Candida e as bactérias se controlam entre si. Quando as condições alteram o equilíbrio dos organismos devido ao uso de antibióticos, a Candida é capaz de sobrepor a homeostase e causar doenças. Essa situação gera sintomas como "sapinho", irritação genital nas mulheres e assadura na pele em contato com a fralda em bebês.

Transmitindo doenças fúngicas

Algumas infecções fúngicas são transmitidas de pessoa a pessoa. O fungo dos gêneros Tricophyton, Microsporum e Epidermophyton causam doenças dermatológicas incluindo a frieira, o pé de atleta e infecções nas unhas. Essas infecções são geralmente chamadas de micose. Os fungos passam a se alimentar da pele humana e são transmissíveis a outros indivíduos, frequentemente através de chuveiros.

Infecções sistêmicas

As infecções sistêmicas causadas por fungos são graves, especialmente se a septicemia se desenvolve. Os esporos inalados vindos de bolores causam doenças respiratórias e até mesmo reações alérgicas severas, que levarão a respostas inflamatórias do sistema imune, dificultando a respiração do paciente. Para pessoas com sistema imune comprometido, a infecção fúngica continua a crescer, o que torna necessário um tratamento médico.

Tratamento

Doenças dermatológicas são tratadas com cremes antifúngicos tópicos. Para infecções severas, quando os esporos são inalados, uma prescrição de medicamentos intravenosos pode ser necessária. Doenças sistêmicas podem requerer medicação antifúngica por mais de um ano para recuperação completa. Em casos ainda mais sérios, uma cirurgia é feita para remover o fungo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível