Doenças Granulomatosas do Pulmão

Escrito por kalli harrison | Traduzido por tiago tostes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Doenças Granulomatosas do Pulmão
Granulomas pulmonares muitas vezes causam chiado e tosse durante a respiração (David De Lossy/Photodisc/Getty Images)

Granulomas pulmonares são massas de tecido inflamado crônico geralmente causados por uma infecção de fungos ou bactérias. Eles também podem formar-se devido a doenças não infecciosas, ou devido à irritação do tecido pulmonar causada por um corpo estranho. Granulomas consistem em aglomerados de certas células do sistema imunitário e podem, eventualmente, progredir para áreas específicas de tecido cicatricial nos pulmões.

Outras pessoas estão lendo

Tuberculose

Tuberculose, ou TB, é uma infecção bacteriana causada pelo Mycobacterium tuberculosis. A doença pode ser transmitida de pessoa para pessoa através do ar contaminado com os organismos da tuberculose. Uma vez inalado, a bactéria infecta os pulmões. Em um esforço para conter a invasão bacteriana, o sistema imunitário trabalha restringindo as áreas infectadas através da produção de granulomas. Se o sistema imunitário não é bem sucedido em matar os organismos, aparecem sintomas de perda de peso, suores noturnos, febre e tosse.

A maioria das pessoas infectadas com a bactéria da tuberculose curam-se completamente e nunca apresentam sinais ou sintomas da doença. No entanto, uma de cada 10 pessoas infectadas pode desenvolver tuberculose ativa em algum momento, de acordo com o National Institute of Allergy and Infectious Diseases.

Histoplasmose

A histoplasmose é uma outra doença infecciosa que produz granulomas pulmonares. Ela é causada pela inalação de esporos do fungo Histoplasma capsulatum. A maioria das infecções com histoplasma não produzem sintomas, ou transforma-se apenas em uma doença leve. Formas mais graves de histoplasmose ocorrem tanto como doença aguda auto-limitada, doença pulmonar crônica ou como uma forma progressiva muito séria que afeta a vários sistemas orgânicos.

A doença grave é mais comum em crianças e pessoas com baixa imunidade. Quando a infecção é forte o suficiente para produzir sintomas, uma pessoa terá febre e tosse e sentirá um mal-estar generalizado. Esta forma aguda geralmente se resolve dentro de duas a seis semanas, de acordo com a Merck Manuals Online Medical Library. A forma crônica causa perda de peso, febre e problemas respiratórios. A maioria das pessoas se recupera lentamente, mas esta forma pode levar à destruição de tecido pulmonar e à morte. A forma progressiva causa febre e fraqueza, e pode também levar ao aumento dos gânglios linfáticos, baço e fígado. Sem tratamento, esta forma é geralmente fatal.

Sarcoidose

A sarcoidose é uma doença inflamatória que pode envolver diversos órgãos, mas que na maioria das vezes afeta os pulmões. Muitos granulomas podem formar-se em várias partes do corpo e os sintomas podem variar, dependendo das áreas envolvidas.

Quando se formam granulomas nos pulmões, pode haver tosse, chiado ou dor no peito. Fadiga, suores noturnos e perda de peso também são comuns à doença.

A sarcoidose tem um curso variável. Muitas pessoas com a doença terão poucos sintomas ou a doença poderá ser resolvida por si só. Outros terão um problema grave que afetará ao coração e cérebro. Apesar de rara, a sarcoidose, por vezes, resulta em morte.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível