Saúde

Doenças do sistema muscular

Escrito por lauren treadwell Google | Traduzido por marcelo couto
Doenças do sistema muscular

Doenças musculares podem causar atrofia muscular

Muscles 7 image by chrisharvey from Fotolia.com

O sistema muscular possui três funções principais: possibilitar movimentos, gerar calor e fornecer estabilidade postural para o corpo. Quando uma doença ataca o sistema muscular, os efeitos são devastadores, não somente para os músculos, mas também para toda a habilidade do corpo de funcionar. Essas doenças são, frequentemente, dolorosas e podem resultar em deficiências físicas, como a incapacidade de caminhar. O impacto delas no sistema muscular inclui distrofia muscular, miastenia gravis, esclerose lateral amiotrófica e paralisia cerebral.

O sistema muscular

Além dos músculos, o sistema muscular consiste de nervos e tecidos conjuntivos. A sua tarefa mais óbvia é permitir o movimento do corpo, que acontece através de sinais elétricos recebidos do cérebro. Esse movimento pode variar desde uma corrida até piscar dos olhos. Os músculos são mais de 40% do peso total do corpo e, por causa da sua massa, são a principal fonte de geração de calor no organismo. Eles também ajudam a regular e manter constante a temperatura corporal. O sistema muscular possui conexões tão complexas que um músculo com problemas pode causar repercussões no sistema inteiro.

Atonia vs. Atrofia

Atonia e atrofia são dois tipos gerais de condições que podem se desenvolver a partir de doenças musculares. Atonia se refere a um estado no qual os músculos não conseguem manter a elasticidade normal e se tornam flácidos. Atrofia se refere a um estado em que o tecido muscular definha e cada fibra do músculo encolhe. Isso pode ser causado por desuso do músculo ou quando os impulsos nervosos tornam-se ineficazes.

Distrofia muscular

A distrofia muscular é uma doença hereditária que faz as fibras dos músculos ficarem incrivelmente susceptíveis a danos. Os músculos vão ficando progressivamente mais fracos e a fibra muscular é substituída por gordura e outros tecidos. Os sintomas incluem falta de coordenação, fraqueza e perda de mobilidade progressiva. Não existe cura para essa doença, mas algumas terapias e medicamentos podem ajudar a diminuir o progresso.

Miastenia gravis

O nome miastenia gravis deriva do grego e do latim e significa "fraqueza muscular grave". A doença faz os receptores de impulsos dos músculos falharem e, então, os impulsos nervosos enviados pelo cérebro - que comanda o movimento dos músculos - ficam ineficazes. Os sintomas incluem pálpebras caídas, dificuldade para comer, visão turva, fadiga muscular e dificuldade de respiração.

Esclerose lateral amiotrófica

A esclerose lateral amiotrófica (ELA), ou doença de Lou Gehrig, é uma doença neurodegenerativa que ataca os neurônios motores. Conforme esses neurônios tornam-se incapacitados, eles são incapazes de alcançar os músculos, o que faz a função de controle motor se deteriorar. Os primeiros sintomas incluem fraqueza nos braços e pernas e dificuldade de engolir, respirar e falar. Muitas vezes, em estágios mais avançados da ELA, ocorre a paralisia e atrofia dos membros.

Paralisia Cerebral

A paralisia cerebral é um desordem que prejudica a função motora, a postura e o equilíbrio de uma pessoa. Ocorre quando há danos na região do cérebro responsável pelo tônus muscular ou pela quantidade de resistência imposta a um músculo. A pessoa com paralisia cerebral, muitas vezes, tem dificuldade para realizar tarefas físicas, embora os sintomas variem de acordo com a gravidade de cada caso.

Mais galerias de fotos

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media